Vitralizado

Posts por data junho 2016

HQ

A quarta e última aula do curso Os Ciclos Produtivos das HQs Brasileiras

Sábado (11/6) rolou a última aula da primeira edição do curso Os Ciclos Produtivos das HQs Brasileiras, que organizei e coordenei lá na Ugra. O convidado da vez foi o Douglas Utescher, um dos donos/sócios/editores da Ugra Press junto com a Dani Utescher. Como ocorreu nos quatro dias, o papo tava marcado pra terminar às 12h e foi bem além disso. Conversamos sobre a origem da loja, a profissionalização da cena brasileira de quadrinhos, as mudanças nesse cenários nos últimos anos e a relação entre autores/editores e lojistas. Papo bom demais, outra vez muito bem resumido pelo Massao. Ó:

ResumoMassaoAula4

Daí que essa primeira experiência do Vitralizado fora da internet foi bem mais proveitosa que eu jamais poderia imaginar. O Douglas e a Dani compraram com força a ideia e deram todo o suporte (valeu outra vez, pessoal!), os cinco convidados do curso (Wagner, Pedro, Luciana, Zé, Janaína e Douglas) participaram com uma disposição imensa e os alunos também estiveram bastante envolvidos – aliás, o interesse deles contribuiu pra caramba nessa minha estreia como “professor”.

Tô levando o blog nos últimos quase quatro anos com o maior pique e um prazer crescente, mas cansa pra caramba e dá um trabalho que não sei se fica evidente pra quem lê. Nesse último mês, enquanto o curso rolava, acabei diminuindo o ritmo dos posts, mas acho que valeu a pena. Esses encontros na Ugra serviram pra me deixar ainda mais curioso em relação a toda essa agitação criativa rolando no mundo dos quadrinhos nacionais. Começo a pensar um futuro intermediário pro Vitralizado, com empreitadas virtuais e offline. Me recuperando dessa primeira experiência com evento, começo a botar em práticas planos já a curto prazo, que devem tornar as coisas por aqui ainda mais interessante.

Aliás, já falei que logo mais o blog deve ganhar sua primeira investida no mundo editorial impresso? Pois é. Guenta aí que já conto mais 😉

Aula4

HQ

O Ferro-Velho da Memória, por Seth

O gênio canadense Seth produziu um painel de 3 metros de altura e quase 20 metros de largura para a fachada da livraria The Booklshelf, na cidade de Guelph no Canadá. Batizada de O Ferro-velho da Memória, a obra é uma hq curta sobre a relação de um homem com seu passado. Coisa simples, mas linda de ver. Dá pra ler o quadrinho na íntegra na foto publicada pelos donos da livraria no site da loja e também acompanhar uma gravação que acompanhou a instalação do painel. Ó:

SethPainel

[Post atualizado!] Acabei de ver que publicaram o painel na íntegra lá no site da Drawn & Quarterly. Ó que coisa linda:

SethHQMemória

HQ

Here: o clássico de 1989 de Richard McGuire na íntegra em um gif

Não sei se é coisa velha, mas é novidade pra mim: Here, o clássico de 35 quadros e seis páginas do Richard McGuire, publicado na primeira edição do segundo volume da Raw em 1989, na íntegra em um único gif (valeu pela dica, Massao!). Na verdade, demorou pra alguém fazer isso, né? E falando em demora, alguma notícia da edição brasileira de Here? Tá chata essa história, hein?

HQ

Veripathy: uma prévia da nova história em quadrinhos de Andy Poyiadgi

Já falei bastante sobre o trabalho do quadrinista inglês Andy Poyiadgi por aqui, inclusive entrevistei o autor ano passado. Apesar de poucos trabalhos publicados e sempre em formatos pequenos e histórias curtas, é uma das pessoas que tenho mais interesse em acompanhar a evolução como autor de HQ.

O Broken Frontier publicou uma prévia de algumas páginas de Veripathy, HQ que o Poyiadgi lança durante o Elcaf 2017. Segundo o texto do site, o gibi tem apenas 16 páginas e reúne históricas curtas ambientadas em um mundo no qual a tecnologia permite que uma pessoa possa vivenciar os sentimentos de outras pessoas. Se estiver afim de tentar algo do autor, recomendo Lost Property, trabalho lindo dele pra série 17X23 da Nobrow. Dá uma sacada no preview de Veripathy.

VeripathyCapa

HQ

A terceira aula do curso Os Ciclos Produtivos das HQs Brasileiras

Prevista pra durar entre 10h e 12h de sábado (4/6), a terceira aula do curso Os Ciclos Produtivos das HQs Brasileiras foi até 13h. Ao longo dessas três horas, rolou um papo interessante pra caramba sobre edição com a presença de Luciana Foraciepe (Maria Nanquim), Zé Rodolfo (Gato Preto) e Janaína de Luna Larsen (Mino). A linha editorial muito bem definida dos três em seus respectivos empreendimentos foi o que me levou a convidar cada um deles a participar desse terceiro encontro.

Criadora da fanpage Maria Nanquim em 2012, a Luciana é responsável por popularizar na internet brasileira o trabalho de alguns dos maiores quadrinistas nacionais e estrangeiros da atualidade. O Ricardo Coimbra por exemplo, ganhou uma imensa audiência via Maria Nanquim e posteriormente foi impresso na Xula e na coletânea Vida de Prástico da Gato Preto. O mesmo pode ser dito de Juan Cornellà, um dos autores mais polêmicos e curtidos do Facebook que acabou sendo publicado por aqui recentemente pela Mino. Outro exemplo é o Bruno Maron, autor da série Dinâmica de Bruto que ganhou uma coletânea impressa pela Maria Nanquim como editora no início de 2015.

Um dos responsáveis pela curadoria da Gato Preto, o Zé Rodolfo construiu um catálogo curto mas imponente, coerente com seu passado em zines e contando com autores como Rafa Campos Rocha, Guzaelli e o já citado Coimbra. Já a Janaína da Mino é um dos grandes cases recentes dos quadrinhos nacionais, com 14 títulos publicados em um intervalo de menos de dois anos e só aposta certa.

Dá uma sacada no resumo feito pelo Massao do que rolou na aula (e também recomendo uma investida na página do Coletivo EntreLinhas pra vocês conhecerem outros projetos dele em facilitação gráfica):

ResumoAula3Massao

Passada a primeira aula com uma apresentação minha fazendo um panorama da cena brasileira de HQs, depois com um papo ótimo com Wagner Willian e Pedro Cobiaco falando sobre o papel do autor nesse ciclo produtivo de um gibi, o encontro mais recente aprofundou ainda mais essa conversa toda. Próxima aula conta com a presença do Douglas Utescher, da própria Ugra, pra falarmos um pouco mais sobre vendas e negócios relacionados a quadrinhos. Certeza que vai ser massa.

CiclosAula3A