Vitralizado

Posts por data setembro 2017

HQ

Já Era: confira a capa e uma prévia da HQ de Felipe Parucci publicada pela Lote 42

O quadrinista Felipe Parucci vai publicar seu próximo trabalho, Já Era, bancado por financiamento coletivo no Catarse, pela editora Lote 42. O álbum já está finalizado, terá 354 páginas e será lançado em dezembro, durante a Comic Con Experience em São Paulo. O quadrinho prévio de Parucci, Apocalipse, Por Favor, foi uma tremenda obra de estreia e estou ansioso em relação a Já Era.  No material de divulgação da HQ os editores classificaram o álbum como uma “dramédia psicodélica em quadrinhos”, protagonizada por uma garota “cansada de uma sociedade tomada pela ansiedade de evoluir, prosperar e lucrar”. Ó a sinopse oficial do livro e a prévia de três páginas da obra:

“Já Era conta a história de Regina, uma publicitária que trabalha muito, mas ganha pouco. Suas interações sociais são extremamente tediosas e vive em um mundo repleto de piras erradas. Cansada de seu cotidiano decepcionante e com um empurrãozinho do destino, ela vê a oportunidade de comprar um barco e sair navegando sem rumo, em busca de uma razão de existir. Entretanto, as ondas do destino acabam levando Regina para uma viagem surreal e ela encontra a oportunidade de mudar o nosso mundo. Ou só o mundo dela?”

JE_006

JE_042

JE_054

HQ

Sábado (30/9) é dia de lançamento da Plaf #1 em São Paulo

Ó que massa: o primeiro número da Plaf terá um evento de lançamento em São Paulo no sábado (30/9), a partir das 16h, na loja da Ugra. A festa vai contar com um bate-papo com o Paulo Floro, um dos editores da revista junto com a Carol Almeida e a Dandara Palankof. Serei o responsável por mediar essa conversa com o Paulo e vou querer saber sobre a produção desse primeiro número da Plaf, do futuro da revista e alguns pitacos dele em relação ao jornalismo especializado em quadrinhos no Brasil.

Certeza de papo bom. Tive um prazer imenso em participar da edição de estreia da revista e tô muito curioso em relação aos próximos números. E acho ótimo conversar com o Paulo sobre esse momento de agitação também nos meios de comunicação especializados em HQs por aqui. E aí, vamos? Vai ser massa, viu? Dá um pulo lá na página do evento no Facebook.

HQ

Here/Aqui: leia a versão original da obra-prima de Richard McGuire publicada nas páginas da edição de abril de 1992 da Piratas do Tietê

O quadrinista João Pinheiro acabou de prestar um imenso serviço pra quem gosta de boas HQs. Autor de títulos como Carolina, junto com a Sirlene Barbosa, e Burroughs, ele escaneou a capa, o editorial e as seis páginas do 14º número da Piratas do Tiête em que foi publicada a versão original de Here/Aqui do Richard McGuire. A revista saiu em abril de 1992 e vem com um texto da Laerte explicando a origem da pérola presente naquela edição. Ela conta não conhecer nenhum outro trabalho de McGuire, que ele é baixista da banda Liquid Liquid e que a HQ saiu num almanaque da “sofisticada e vanguárdica” RAW.

Logo depois vem um “retrato aleatório” do autor de Aqui. “Na verdade não tenho a menor ideia de como é a cara do Richard McGuire”, escreve Laerte. Reproduzo a seguir a capa, o editorial da revista e as seis páginas de Here presentes na Chiclete com Banana #14. Antes disso, registro mais uma vez um imenso obrigado ao João Pinheiro. Valeu, cara! Saca só:

Pir2-14A

Pir2-14B

Pir2-14Here1

Pir2-14Here2

Pir2-14Here3

Pir2-14Here4

Pir2-14Here5

Pir2-14Here6

HQ

Vitralizado Recomenda #0018: Quase Um Ano (independente), por Deborah Salles

Você encontra grande parte do trabalho da quadrinista Deborah Salles no Medium. Quase Um Ano (independente) reúne trechos desse material e outros quadrinhos até então inéditos assinados por ela. O álbum recém-lançado pela autora é uma coletânea de reflexões e crônicas cotidianas sobre tópicos rotineiros – como a dificuldade de chegar a tempo para uma aula da faculdade, a escolha de um filme, encontros com amigos e reuniões familiares. O mérito maior da autora é prender a atenção do leitor com temas tão banais, criando um diálogo com obras de gigantes como Harvey Pekar e Adrian Tomine – aliás, ambos mencionados no álbum de Salles. A forma como a autora usa referências fotográficas para construir sua arte é um dos pontos altos do quadrinho, assim como os ótimos textos e diálogos verossímeis da HQ. Já estou no aguardo por outras obras da artista.

HQ / Séries

Estão abertas as inscrições para a primeira edição do Serie_Lab Festival

Ei, pessoal dos quadrinhos, uma dica: estão abertas as inscrições pra primeira edição do Serie_Lab Festival. Com essa proximidade cada vez mais intensa entre HQs, filmes e séries de TV, acho que o evento pode abrir uns horizontes bem interessantes para quadrinistas, ilustradores e roteiristas, viu? O evento rola na FAAP aqui em São Paulo nos dias 4 e 5 de dezembro e é organizado pelo jornalista e roteirista (e meu amigo) Gustavo Coltri e pela roteirista, jornalista e dramaturga Vana Medeiros.

Segundo os organizadores, a ideia do evento é ser um “encontro de troca de experiências discutindo os processos artísticos e produtivos dos seriados nacionais a partir da perspectiva do conteúdo”. Além de mesas de discussão sobre processos criativos, estudos de caso de séries, oficinas de criação e avaliação de projetos, também rolam rodadas de negócios semelhantes às presentes em eventos de HQs – sendo que as inscrições para esses encontros com produtores e possíveis investidores chegam ao fim no dia 15 de outubro.

Ó a galera que já confirmou presença do festival: NBC Universal, O2 Filmes, Academia de Filmes, Santa Rita Filmes, Coração da Selva, Agência Origina, Grupo FOX, especialistas como Ricardo Tiezzi, Aleksei Abib, Rodrigo Petronio, Matheus Colen e os grupos de criadores Malditos Dramaturgos, Departamento Ficcional, Maquinário Narrativo, Storyland e Ponto e Vírgula. Recomendo um pulo lá no site do evento e uma conferida nas três possíveis opções de ingressos. Vejo realmente potencial nessa intersecção/diálogo entre quadrinhos e televisão, viu? Dá uma conferida na página do Série_Lab.

HQ

2ª (25/9): Maurício Falleiros lança Sexo, Drogas e Jesus Cristo em São Paulo

Uma boa surpresa dos quadrinhos brasileiros em 2017 é a coletânea Sexo, Drogas e Jesus Cristo do Maurício Falleiros publicado pela Maria Nanquim. Os cartuns do artista têm sido presença constante na Ilustríssima da Folha de São Paulo e essa primeira reunião de trabalhos dele é uma amostra do trabalho consistente que ele está produzindo. Na 2ª (25/9) rola um evento de lançamento de Sexo, Drogas e Jesus Cristo na loja da Ugra aqui em São Paulo. Começa às 18h e vai até as 21h. Recomendo um pulo na página do evento no Facebook e também na festa.