Vitralizado

Posts por data fevereiro 2020

HQ

Está no ar a convocatória para a 18ª edição da revista Café Espacial

O dia 13 de abril é a data limite para o envio de trabalhos para a 18ª edição da revista Café Espacial. Após uma bela 17ª edição, com arte de capa da quadrinista Aline Zouvi, o próximo número da revista capitaneada por Sergio Chaves será uma edição temática, para maiores de idade, com publicações de erotismo.

Vale o envio de HQs, ensaios fotográficos, ilustrações e textos. Tudo no formato 170 X 240 mm, em preto e branco e máximo de sete páginas por trabalho – 9 mil toques para os textos. Você confere todas as regras e informações no site da Café Espacial, clicando aqui. Perguntei pro Sergio Chavez: por que erotismo? A reposta:

“Faz tempo que pensamos nesse tema, que também costuma ser sugerido por leitores e leitoras da Café Espacial. Trata-se de um tema simples, já que remete aos nossos instintos mais básicos, e também desafiador, pois existem tabus abissais em pleno ano 2020. E justamente por ser uma forma de transgressão ao conservadorismo pelo país, resolvemos que seria o momento ideal. Nossa ideia é apresentar uma edição repleta de histórias e olhares plurais sobre o erotismo, a sensualidade e o prazer”.

E pra quem não viu, deixo aqui o link para o meu papo com Sergio Chaves na época da abertura da chamada da 17ª Café Espacial e a entrevista que fiz com ele quando a revista foi lançada.

Aliás, cê ficou sabendo que essa edição de 2019 ficou entre as 37 publicações de 12 países indicadas ao Prix de la BD Alternative, categoria dedicada aos quadrinhos alternativos do 47º Festival International de la Bande Dessinée d’Angoulême? Concorreu ao lado de mais três títulos brasileiros: Orixás – Ikú, Cartografias do Inconsciente e Matéria Escura. A publicação vencedora foi a 18ª edição da revista croata Komikaze e você confere a lista completa com os indicados clicando aqui.  

Cinema / HQ / Séries

Vitralizado #88 – 01.2020

De leve esse começo de 2020. Talvez seja uma boa prévia dos próximos 11 meses do ano, menos posts, mais reflexões, trocas de ideias e proposições. Sei lá se consigo manter esse ritmo, mas vou tentar. Uma boa meta é filtrar ainda mais o conteúdo do Vitralizado. Lá pra janeiro de 2021 eu vejo no que isso deu.

Dou início às atividades do blog em fevereiro com o já tradicional sumário do mês anterior. E deixo o aviso: logo mais eu, Maria Clara Carneiro e Lielson Zeni traremos novidades sobre o Grampo 2020. Guenta aí, combinado? Agora deixo vocês com o que rolou de melhor nos primeiros 31 dias do Vitralizado em 2020. Ó:

(Na arte que abre o post, ilustração do quadrinista Jim Woodring para a capa da edição especial da Fantagraphics no Free Comic Book Day de 2010. Vi lá no Bristol Board)

*Leu a quarta edição da Sarjeta? No texto de janeiro para a minha coluna no site do Instituto Itaú Cultural eu escrevi sobre o protesto de quadrinistas norte-americanos contra o patrocínio da ComiXology a festivais de HQs e a provável chegada da plataforma de quadrinhos digitais da Amazon no Brasil;

*Escrevi para a Folha de São Paulo sobre Eles Nos Chamavam de Inimigo, álbum com roteiro de George TakeiJustin Eisinger e Steven Scott e arte de Harmony Becker publicado no Brasil pela editora Devir. A HQ narra a infância do astro de Star Trek;

*Também escrevi uma crítica para a Folha de São Paulo sobre Silvestre, do quadrinista Wagner Willian. Publicado pela editora DarkSide Books, é um dos melhores títulos de 2019;

*Conversei com o jornalista Thiago Borges sobre o recém-lançado segundo número da revista Banda, dessa vez com o tema HQ, política e liberdade de expressão. Você lê o papo clicando aqui;

*Bati um papo com o editor Guilherme Kroll, um dos sócios-proprietários da Balão Editorial. Ele falou sobre os 10 anos da editora e jogou uma ideias no ar que ainda devem render alguma coisa por aqui…;

*Duas rapidinhas: viu essa arte aqui da Emil Ferris para a edição especial da revista francesa Society? E as duas capas da 83ª Little White Lies?

>> Veja o que rolou no Vitralizado #87 – 12.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #86 – 11.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #85 – 10.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #84 – 09.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #83 – 08.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #82 – 07.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #81 – 06.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #80 – 05.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #79 – 04.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #78 – 03.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #77 – 02.2019;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #76 – 01.2019
>> Veja o que rolou no Vitralizado #75 – 12.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #74 – 11.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #73 – 10.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #72 – 09.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #71 – 08.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #70 – 07.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #69 – 06.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #68 – 05.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #67 – 04.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #66 – 03.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #65 – 02.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #64 – 01.2018;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #63 – 12.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #62 – 11.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #61 – 10.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #60 – 09.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #59 – 08.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #58 – 07.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #57 – 06.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #56 – 05.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #55 – 04.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #54 – 03.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #53 – 02.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #52 – 01.2017;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #51 – 12.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #50 – 11.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #49 – 10.2016;
>> Veja o que rolou no Vitralizado #48 – 09.2016.