Vitralizado

Posts com a tag Panini

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## Lobo Solitário (Panini), por Kazuo Koike e Goseki Kojima

Lobo Solitário é um dos meus quadrinhos preferidos. Tenho os 28 números da série publicada pela Panini entre dezembro de 2004 e abril de 2007. O primeiro número da nova coleção é ligeiramente maior que a anterior e a qualidade do papel melhora bastante a leitura. Mas é uma pena a ausência de textos complementares dignos da importância histórica da obra. Acrescentaria muito à publicação algum conteúdo falando sobre o contexto em que o título foi originalmente lançado ou algum texto tratando do legado do mangá.

HQ

Compraram Vagabond #1?

A proximidade do término de 20th Century Boys tá me deixando meio na seca por uma próxima coleção de mangá. Comprei o Blade – A Lâmina do Imortal da JBC, apesar de já ter lido os primeiros números pela Conrad e lembrar que não me empolguei tanto assim. Difícil dar uma segunda chance pra uma série que cada volume custa 40 conto. Não sei se insisto no número dois. Também pela Conrad comprei alguns Vagabond e não me lembro bem o motivo de não ter dado sequência. Talvez em algum momento tenha ficado claro que a série não ia terminar e desisti.

Daí que animei bastante com essa versão da Panini pra Vagabond. O preço é simpático e a edição tá bem bonita. Dei olhada por alto, já saiu até o número 28 no Japão e não terminou ainda. É isso mesmo? Taí um ponto negativo…mas acho que ainda vale, puta história e desenhos lindos. Também dou crédito pra Panini por ter completado Lobo Solitário e tá indo bem pra caramba com 20th Century Boys. Então fica assim: Vagabond entra de vez nas contas mensais e Blade tá ali meio em análise. E esse One Punch Man? Alguém tem algo a dizer sobre o gibi? Li coisas boas a respeito, mas ainda não convenceu. Recomendam? Sabem se já terminou lá no Japão ou tem perspectiva de término?

HQ

Irmão Lono no Brasil

Cá entre nós, a verdade é que Irmão Lono demorou pra chegar no Brasil. Spin-off de 100 Balas – a obra-prima de Brian Azzarello, Eduardo Risso e Dave Johnson -, o gibi foi lançado nos Estados Unidos entre abril de 2013 e agosto de 2014 e ganha versão em português ainda em maio. Mas aí também sou eu sendo pentelho, por achar 100 Balas uma das mais sensacionais hqs policiais da história do gênero e não ter muita paciência pra aguardar a versão traduzida. Já li o quadrinho em inglês e recomendo fortemente. E a Panini escolheu bem pra caramba a capa da edição nacional, tremenda pérola do Dave Johnson. Não deixa passar essa não, combinado?

HQ

20th Century Boys no Brasil

Li poucos mangás e minhas referências pro assunto são Gen e Lobo Solitário, dois clássicos. Não costumo apostar muito em séries japonesas, mas começou a ser publicada uma promissora por aqui. 20th Century Boys é da Panini, custa R$ 10.90 e será bimestral, com 22 edições.

Mistura de suspense com ficção científica, a série é ambientada no final dos anos 90 e mostra um grupo de amigos que vê algumas de suas histórias infantis, feitas na década de 60, sobre destruição mundial, sendo postas em prática por um culto religioso. Parece que foi adaptada pro cinema no Japão, em três filmes. A periodicidade da hq por aqui não ajuda a memorizar todos os elementos e personagens da história, mas a primeira edição promete.

Ah, a capa. Meio infantil além da conta né? Sou muito mais as versões americanas da Viz Media.

20thCenturyBoysViz