Vitralizado

Posts por data setembro 2019

HQ

Confira a arte de Chris Ware para o cartaz do Comic Arts Brooklyn 2019

Eu já tinha divulgado por aqui o logo produzido pelo Chris Ware pro Comic Arts Brooklyn 2019. Aí que os organizadores do evento acabaram de compartilhar a arte do cartaz do evento, também assinada pelo autor de Jimmy Corrigan, Building Stories e do recém-lançado Rusty Brown.

O trabalho do Chris Ware pro cartaz segue o mesmo e as mesmas cores que ele vem utilizando desde 2014 quando convidado para produzir materiais de divulgação de feiras e festivais de quadrinhos – olha aqui a arte do crachá que ele produziu pra Small Press Expo 2019 e confere aqui a arte do cartaz do Elcaf 2014.

Um dos mais tradicionais festivais de quadrinhos autorais e independentes dos Estados Unidos, o Comic Arts Brooklyn tá acostumado a cconvidar uns nomões pra produzir os cartazes do evento. Já chamei atenção por aqui pro trabalho da Emil Ferris pra edição de 2017 e pra arte do Daniel Clowes pro cartaz do festival de 2015. Massa, hein?

HQ

Patton Oswalt, por Box Brown

O quadrinista Box Brown é o responsável pela arte do cartaz do próximo show de stand-up comedy do ator Patton Oswalt, marcado para o dia 23 de novembro, na cidade de San Jose, nos Estados Unidos. Não consigo me imaginar nem perto de um local no qual esteja rolando uma apresentação de stand-up comedy, mas curto muito o trabalho do autor de Cannabis e Andre The Giant e simpatizo com o Patton Oswalt, então reproduzo o pôster aqui em cima e deixo o link pra loja do Box Brown caso esteja interessado em comprar a arte com o quadrinista.

HQ

Confira uma prévia de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea reunindo as primeiras HQs de Diego Gerlach

Já dá pra dizer que os selos Pé-de-Cabra e Escória Comix são responsáveis por alguns dos títulos mais interessantes que chegaram às lojas especializadas em quadrinhos em 2019. A Escória acabou de publicar O Alpinista, de Victor Bello, e prometeu pra breve O Deplorável Caso do Dr. Milton, de Fabio Vermelho. Já a Pé-de-Cabra lançou recentemente Notas do Underground, de Pedro Dapremont, e Vida Besta, de Galvão Bertazzi; e anunciou para outubro a publicação de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea reunindo as primeiras HQs de Diego Gerlach.

O álbum tem 252 páginas e reúne vinte e uma HQs de Gerlach, entre obras inéditas e outras publicadas de forma independente ou em coletâneas brasileiras e internacionais, todas ambientadas dentro do “universo Pinacoderal” do autor. O projeto gráfico é do também quadrinista Pedro Franz.

Poucos autores brasileiros me deixam tão ansiosos por seus próximos trabalhos quanto Diego Gerlach. Os zines publicados por ele em seu selo independente Vibe Tronxa Comix estão entre as minhas leituras preferidas e acho uma sacada editorial gigantesca da Pé-de-Cabra em reunir em um único volume esses materiais que estavam espalhados por várias publicações e, muitas vezes, inacessíveis ao público.

Logo mais volto a escrever sobre Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem por aqui. Enquanto isso, deixo a seguir uma prévia com oito páginas da obra e a capa do livro. Saca só:

Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
Página de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
A capa de Pinacoderal: Rudimentos da Linguagem, coletânea de Diego Gerlach publicada pelo selo Pé-de-Cabra
HQ

Confira uma prévia de 10 páginas de Dédales, próximo álbum de Charles Burns

O site francês BD Gest divulgou 10 páginas de Dédales, próximo álbum dos quadrinista norte-americano Charles Burns. O lançamento mundial do livro ocorrerá com exclusividade na França, com a promessa de chegada da obra às livrarias locais no dia 10 de outubro.

Dédales será a primeira história inédita do autor do clássico Black Hole em seguida a Sem Volta. Mais recentemente chegou às livrarias norte-americanas a coletânea Free Shit, reunindo a íntegra das 25 edições do zine homônimo com tiragem mínima produzido desde o ano 2000 por Burns.

Ao pé da letra, “dédales” pode ser traduzido como “labirintos”. Lá no começo de maio eu já tinha divulgado por aqui uma primeira prévia do quadrinho e, em julho, compartilhei a capa do álbum.

Na sinopse divulgada pela imprensa francesa consta que o livro explora a relação enter o inconsciente e o real por meio do relacionamento dos jovens Brian e Laura. Reproduzo a seguir as 10 páginas da HQ – e deixo o link da minha entrevista Burns realizada em 2018.

Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
Página de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
A capa de Dédales, próximo álbum do quadrinista Charles Burns
HQ

Lambiek Avontur Strip, por Chris Ware

Acho que já contei essa história por aqui, mas nunca havia reproduzido o quadrinho na íntegra, então vamos lá: o quadrinista Chris Ware ainda era um artista em início de carreira em 1996 quando foi chamado para fazer uma exposição de seus originais na Lambiek, a loja de quadrinhos mais antiga da Europa, em Amsterdã.

Dois anos depois, em 1998, pra celebrar o aniversário de 30 anos da loja, o autor de Jimmy Corrigan e Building Stories produziu um gibizinho de 12 páginas e do tamanho de um dedão, que reproduzo na íntegra aqui no blog – depois de encontrá-lo por aqui. O quadrinho acabou virando o cartão de visita da Lambiek e costumava ser enviado de graça nas compras feitas no site da loja. Mas na página da Lambiek há um relato da HQ sendo vendida por US$ 50 dólares na Ebay.

Os donos da Lambiek fazem novas tiragens do quadrinho a cada cinco anos e aí atualizam o número ali no topo da capa. Enquanto a edição aqui reproduzida é original da celebração dos 30 anos da loja, a edição do responsável pelo perfil Collecting Chris Ware vem com o número 40, sendo provavelmente de 2008. Enfim, boa leitura!

Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Lambiek Avontur Strip, HQ produzida por Chris Ware para a loja holandesa Lambiek
Cinema / HQ

Orson Welles, por Adrian Tomine

Semana pesada, deu nem tempo de passar direito por aqui, mas acho que a entrevista com Victor Bello sobre O Alpinista mereceu ocupar um espaço de destaque, na cabeceira do blog por uns diazinhos a mais, tô certo?

Dando uma atualizada pra arejar as coisas, mas com razão de ser. Esbarrei com esse retrato do Orson Welles assinado pelo Adrian Tomine publicado em uma edição da New Yorker de 2004. Vi lá no sempre excelente The Bristol Board.