Vitralizado

Posts com a tag Balão Editorial

HQ

Sábado (16/9) é dia de lançamento de Hell No! Meu Pai é o Diabo de Leo Finocchi na Ugra em SP

Ó, anota aí: sábado agora (16/9) o Leo Finocchi lança Hell No! Meu Pai é o Diabo lá na loja da Ugra aqui em São Paulo. O gibi foi um dos primeiros bem-sucedidos dessa imensa leva dos últimos meses de quadrinhos que buscam/buscaram financiamento coletivo lá no Catarse. O projeto virou, tá saindo pela Balão Editorial e vai custar R$ 18. Você confere outras informações sobre o lançamento na página do evento no Facebook. Nos vemos por lá?

HQ

## Retrospectiva Vitralizado 2016 ## Hitomi (Balão Editorial), por Ricardo Hirsch e George Schall

Hitomi é uma publicação exemplar pelo roteiro amarrado do Ricardo Hirsch, pela arte linda do George Schall e pela relação belíssima entre texto e imagens. Em meio a todas experimentações gráficas e narrativas chegando às lojas e livrarias especializadas, é ótimo que exista uma narrativa convencional tão fechada que também seja acessível e recomendável para não iniciados em histórias em quadrinhos.

HQ

Guia de Viagem do Perdido: a capa da continuação do Guia Culinário do Falido

O Guia Culinário do Falido da Balão Editorial foi uma das sacadas mais divertidas dos quadrinhos brasileiros do ano passado. Cheguei até a escrever pro UOL sobre o projeto, falando como ele é uma das obras mais recentes de uma leva imensa que mistura HQs e gastronomia. Aí que acabou de ser anunciada a continuação do gibi, batizada de Guia de Viagem do Perdido, com a presença dos cinco mesmos autores da obra original – Samanta Flôor, Leo Finocchi, Marília Bruno, Felipe 5Horas e Fernanda Chiella. Outro trabalho bem promissor que será lançado na Comic Con Experience 2016.

HQ / Matérias

Quadrinhos, gastronomia e o Guia Culinário do Falido

Sai agora em setembro pela Balão Editorial o Guia Culinário do Falido, uma mistura maluca do Relish da Lucy Knisley com o Scott Pilgrim do Bryan Lee O’Malley. HQ bem divertida produzida por Samanta Flôor, Leo Finocchi, Marília Bruno, Felipe 5Horas e Fernanda Chiella. Conversei com os cinco autores e transformei nosso papo em matéria pro UOL, falando sobre outros títulos na mesma pegada, que misturam o universo dos quadrinhos com o da gastronomia. Saca só.

Guia-Culinário-do-Falido

HQ / Melhor HQ

“A melhor HQ de todos os tempos, hoje, para mim” – Guilherme Kroll: Os Invisíveis

Depois do Jeffrey Brown escolher o seu “melhor quadrinhos de todos os tempos, hoje”, o parágrafo da vez é assinado por Guilherme Kroll, um dos sócios da Balão Editorial. A eleita dele talvez seja a obra-prima do escritor escocês Grant Morrison, Os Invisíveis. Como o Guilherme bem lembra, os três primeiros volumes da série acabaram de ser relançados no Brasil pela Panini. Ó o que ele escreveu pro blog:

“Em 2002 eu descobria os quadrinhos ditos adultos, especialmente os do selo Vertigo. Caiu na minha mão nessa época ‘Os Invisíveis’, trabalho de Grant Morrison sobre uma unidade terrorista que lutava contra um inimigo invisível: o sistema corrupto. A HQ lidava com pirações metafísicas, teoria da conspiração, abduções alienígenas, avatares, viagens nos tempo e tudo mais que agradaria um moleque de 18 anos na época. Mas então a editora que publicava o título faliu, não terminou o gibi e eu fiquei a ver navios. Sempre que podia, voltava à obra, mas nunca me empenhei em ler as versões gringas. Com o tempo, meio que esqueci da HQ até que a Panini a retomou, já em 2014. Pensei com receio que tudo lá dentro pudesse ter envelhecido mal, mas quando a reli, foi como encontrar um velho amigo repleto de ideias piradas. Rapidamente, a publicação antiga foi alcançada e em breve lerei material inédito (pra mim) de ‘Os Invisíveis”, o que aguardo ansiosamente. Por isso, ‘A melhor HQ de todos os tempos, hoje, para mim’ é ‘Invisíveis’.”

Os_Invisiveis_02-