Vitralizado

Posts com a tag Patience

HQ

Patience, A Gigantesca Barba do Mal e Desconstruindo Una: a Nemo promete três grandes lançamentos para breve

Tenho visto certo consenso em relação a uma suposta calmaria de lançamentos de quadrinhos estrangeiros por aqui em 2016. Há poucos meses fiz um balanço e listei como destaques o relançamento de Sopa de Lágrimas, a coletânea de Vida no Inferno, a publicação de Sheraz-De do Sérgio Toppi, o segundo volume de Uma Vida Chinesa e a continuação de Um Árabe do Futuro. Desde então ainda foram lançados o Reportagens do Joe Sacco e o incrível Sendero Luminoso. Para outubro a Companhia das Letras prometeu o Seconds do Bryan Lee O’Malley (Repeteco por aqui) e a Veneta anunciou há pouco o excelente Hip Hop Genealogia.

[Atualização #1: fui informado que Patience será o primeiro lançamento da Nemo em 2017.]

[Atualização #2: esqueci de citar This One Summer, que foi anunciado pela Marsupial, mas ainda não teve sua data de lançamento revelada.]

Daí que nos últimos dias a Nemo deu três cartadas que podem dar outro peso pra esses últimos meses de 2016. Como prometido no final do ano passado, o incrível Becoming/Unbecoming Una da quadrinista inglesa Una sai por aqui em breve com o nome Desconstruindo Una. Pelo Facebook disseram que A Gigantesca Barba do Mal do Stephen Collins não demora pra chegar às livrarias. Aí quebraram tudo com um teaser em formato de gif revelando que eles serão a casa de Patience do Daniel Clowes aqui no Brasil [OBS: veja a atualização acima].

Z-Patience1

Vejo um imenso diálogo do livro do Collins com alguns trabalho do Italo Calvino, o que vai encantar muita gente. No entanto, o álbum da Una e a HQ do Daniel Clowes estão completamente fora da curva. Becoming/Unbecoming é uma obra sobre uma garota crescendo em um ambiente de violência e misoginia na Inglaterra do final dos anos 70/começo dos 80. Patience é das obras mais ousadas de um dos autores mais vanguardistas de sua geração. São trabalhos que dialogam com o que considero de mais interessante nos quadrinhos hoje: investimento em linguagem e diferentes formas de ativismo e posicionamento político. Dois títulos que prometem mexer bastante nas listas de melhores lançamentos do ano de muita gente. Agora só falta saber se a Companhia das Letras ainda lança o Here até dezembro, porque aí não tem nem graça a disputa de melhor do ano.

Z-Barba

HQ

Uma hora de conversa com Daniel Clowes sobre a criação de Patience

O Daniel Clowes continua na turnê de divulgação de Patience e tem gravado várias entrevistas em feiras e eventos relacionados ao lançamento do quadrinho. Já publiquei por aqui uma entrevista dele com o pessoal da livraria The Strand de Nova York, outra na qual ele conversava com o Seth e uma terceira gravada na exposição dele na Universidade de Chicago. Agora esbarrei com essa aqui em baixo, gravada na Bay Area Book Festival 2016. Ainda não assisti tudo, mas certeza que vale muito a investida. Mas aí vem aquela pergunta: quem e quando lança Patience por aqui?

HQ

O processo criativo de Daniel Clowes em exposição na Universidade de Chicago

Cara, olha que demais. A Universidade de Chicago hospeda até o dia 17 de junho a exposição Integrity of the Page: The Creative Process of Daniel Clowes. Eles aproveitaram o lançamento de Patience, novo trabalho do quadrinista, pra organizar uma imensa retrospectiva sobre a carreira e os métodos de produção do autor.

De acordo com um texto sobre o evento publicado no site da Universidade de Chicago, dentre os destaques da exposição estão rascunhos, sketches, anotações e várias páginas não finalizadas de títulos como The Death-Ray, Ice Haven e Mister Wonderful. Vale uma lida na matéria, tá cheia de falas bem interessantes do Clowes. Aliás, lá na página da exposição tem uma galeria linda de fotos que dá uma ideia da grandiosidade da coisa.

Os responsáveis pela mostra também produziram alguns vídeos para divulgar o evento, todos com depoimentos do quadrinista, incluindo um tour pela exposição e uma entrevista de mais de uma hora com ele na biblioteca local. Coisa fina demais. Dá uma sacada:

HQ

Um papo entre Seth e Daniel Clowes sobre Patience e viagem no tempo

Tá massa demais acompanhar toda a cobertura feita pela imprensa sobre o lançamento de Patience, nova HQ do Daniel Clowes. Mas mais sensacional ainda tá sendo encontrar os registros das entrevistas e eventos dos quais o quadrinistas tem participado. Acabei de esbarrar com uma conversa gravada na Biblioteca Pública de Toronto, feita no início de fevereiro, entre o Clowes e o canadense Seth. Talvez seja o papo mais legal que encontrei até agora protagonizado pelo quadrinista durante sua turnê de divulgação de Patience. Ainda não consegui terminar, mas eles falam de tudo, de HQs a viagem no tempo. Foda demais. Salvem o link aí e assistam de boa quando estiverem com tempo. Vale a pena, cara. Ó:

E pra você que tá chegando agora, recomendo outros papos bem bons com o Daniel Clowes que já deram as caras por aqui: em junho do ano passado ele gravou com o pessoal da Meltdown Comics de Los Angeles uma entrevista falando da caixa com todas as edições de Eightball; depois, em novembro, divulgaram alguns trechos da fala dele no Comics Art Brooklyn 2015; e mais recentemente entrou no ar uma conversa de 45 minutos dele com os responsáveis pela livraria The Strand em Nova York. Só papo bom.

HQ

45 minutos de papo com Daniel Clowes

O Daniel Clowes está em turnê pelos Estados Unidos divulgando o lançamento de Patience – sim, vivemos em tempos maravilhosos em que autores de histórias em quadrinhos fazem turnês. Um dos lugares pelos quais o quadrinista passou foi a tradicional livraria The Strand em Nova York. Além de autografar seu quadrinho mais recente, o Clowes deu uma entrevista de pouco mais de 45 minutos para os donos da loja. Ainda não consegui assistir, mas certeza que é papo bom. Dá o play:

Cinema / HQ

Daniel Clowes e o Oscar na capa da próxima edição da New Yorker

Acho que nem vai ter muita concorrência: com o lançamento de Patience, o Daniel Clowes talvez seja o grande nome dos quadrinhos norte-americanos em 2016. A capa da próxima New Yorker ficou por conta dele, com uma ilustração que trata da diversidade nula no Oscar 2016. Além da capa da edição, a revista ainda reproduziu algumas artes internas de Patience, duas delas inéditas. Ó:

PatienceNova