Vitralizado

Posts com a tag Sarjeta

HQ / Matérias

Sarjeta #12: Adrian Tomine fala sobre A Solidão de Um Quadrinho Sem Fim

Está no ar a 12ª edição da Sarjeta, minha coluna mensal sobre histórias em quadrinhos no site do Instituto Itaú Cultural. Conversei com o quadrinista norte-americano Adrian Tomine sobre o recém-lançado A Solidão de um Quadrinho Sem Fim (Nemo). O álbum com tradução de Érico Assis é um dos títulos mais celebrados de 2020 e deve ocupar as primeiras posições de muitas das principais listas de melhores do ano. Na entrevista que fecha a coluna, uma conversa com a quadrinista Verônica Berta, autora de Ânsia Eterna e coautora de Quincas Borba em Quadrinhos, ambas publicadas pela SESI-SP.

Você lê a 12ª Sarjeta clicando no link a seguir: Sarjeta #12: Adrian Tomine fala sobre os pequenos fracassos na vida de um quadrinista de sucesso.

HQ / Matérias

Sarjeta #11: Juscelino Neco fala sobre Reanimator, Stuart Gordon e H.P. Lovecraft

Está no ar a 11ª edição da Sarjeta, minha coluna mensal sobre histórias em quadrinhos no site do Instituto Itaú Cultural. Escrevi sobre Reanimator, HQ de Juscelino Neco publicada pela editora Veneta e inspirada tanto no conto Herbert West-Reanimator, de H.P. Lovecraft (1890-1937), quanto no longa Re-Animator: A Hora dos Mortos-Vivos (1985), do diretor Stuart Gordon. Conversei com Neco, apresentei algumas das reflexões dele sobre a produção da HQ e dei as minhas impressões sobre a obra.

Na entrevista que fecha a coluna, uma conversa com a quadrinista Aline Lemos, autora de Artistas Brasileiras e da recém-lançada Fogo Fato.

Você lê a 11ª Sarjeta clicando no link a seguir: Sarjeta #11: HQ narra frenesi sexual zumbi em adaptação sem reverência a obra de H.P. Lovecraft.

HQ / Matérias

Sarjeta #10: Leituras na quarentena

Está no ar a décima edição da Sarjeta, minha coluna sobre histórias em quadrinhos no site do Instituto Itaú Cultural. Listei algumas das minhas leituras ao longo dos últimos meses, durante o meu período de isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus. Coisas boas que me acompanharam nesses meses de quarentena. Boas companhias para mim e que talvez também possam ser para você. Uma de cada vez e sem pressa.

E na entrevista que fecha a coluna, uma conversa com o quadrinista Gabriel Dantas, autor de Abandonado por Elena e Talvez Tudo Fique Bem.

Você lê a décima Sarjeta no link a seguir: Sarjeta #10: Leituras em tempos de pandemia.

HQ / Matérias

Sarjeta #9: Julio Shimamoto fala sobre seus 18 dias preso pela ditadura militar

Está no ar a nona edição da Sarjeta, minha coluna sobre histórias em quadrinhos no site do Instituto Itaú Cultural. Entrevistei uma lenda dos quadrinhos nacionais, Julio Shimamoto, para escrever sobre O Ditador Frankenstein e Outras Histórias de Terror, Tortura e Milicos, publicação da editora MMArte editada e organizada pelo quadrinista, pesquisador e músico Márcio Paixão Jr.

Apresento no texto um depoimento de Shimamoto sobre os 18 dias que ele passou preso entre as sedes da Operação Bandeirante (Oban) e da Delegacia de Ordem Política e Social (DOPS), órgãos do governo militar voltados para a captura, tortura e assassinato de indivíduos considerados subversivos pelas autoridades da época. Na entrevista que fecha a coluna, uma conversa com a quadrinista Amanda Treze, autora do álbum Brisa Errada.

Você lê a nona Sarjeta clicando no link a seguir: Sarjeta #9: Quadrinista preso na ditadura expõe traumas do Brasil militarizado: “Igual a pesadelo desperto”.

HQ / Matérias

Sarjeta #8: Marcelo D’Salete e Rafael Coutinho falam sobre Sunny, de Taiyo Matsumoto

Está no ar a oitava edição da Sarjeta, minha coluna mensal sobre histórias em quadrinhos no site do Instituto Itaú Cultural. Para o texto de maio conversei com dois grandes nomes das HQs nacionais, Marcelo D’Salete (Cumbe e Angola Janga) e Rafael Coutinho (Mensur e O Beijo Adolescente), sobre o lançamento do primeiro dos três volumes da coleção brasileira de Sunny, obra de Taiyo Matsumoto publicada no Brasil pela editora Devir. Anota aí: um dos melhores lançamentos de 2020.

Sempre soube da admiração desses dois artistas pelo trabalho do autor da também clássica Preto e Preto/Tekkon Kinkreet, então bati um papo com eles para chamar atenção para alguns dos principais méritos de Matsumoto como autor de histórias em quadrinhos e expor a importância do lançamento de Sunny em português. Ainda falo na coluna sobre o adiamento da Bienal de Quadrinhos de Curitiba e bato um papo rápido com o cartunista Pietro Soldi.

Você lê a oitava Sarjeta clicando no link a seguir: Sarjeta #8: Clássico moderno das HQs japonesas, Sunny chega ao Brasil aclamada por artistas nacionais.

HQ / Matérias

Sarjeta #7: Quadrinistas e a pandemia do novo coronavírus

Dia desses alguém perguntou para o Neil Gaiman no Twitter como ele consegue escrever e se manter focado sem se preocupar com a pandemia do novo coronavírus. “Muito, muito mal”, respondeu o roteirista de Sandman , um dos maiores clássicos dos quadrinhos mundiais, e autor de obras como Deuses Americanos, Coraline e Belas Maldições

Para a sétima edição da Sarjeta, a minha coluna no site do Instituto Itaú Cultural, eu conversei com alguns quadrinistas brasileiros para saber do impacto da pandemia do novo coronavírus por aqui. Na entrevista que fecha a coluna, bati um papo com a quadrinista Cecilia Marins, autora da HQ Parque das Luzes.

Você lê a sétima Sarjeta clicando no link a seguir: Sarjeta #7: Quadrinistas relatam prejuízos e queda de produção durante a pandemia.