Papo com Alan Moore, autor de Iluminações (parte 3): “Proponho uma arte poderosa o suficiente para abalar as muralhas da cidade e popular o suficiente para encontrar o engajamento da multidão”

Entrevistei o escritor inglês Alan Moore, autor de alguns dos maiores clássicos das HQs mundiais. A nossa conversa teve como ponto de partida Iluminações, coletânea de contos do autor britânico publicada no Brasil pela editora Aleph, com tradução de Adriano Scandolara e capa de Pedro Inoue. O meu papo com Moore é conteúdo exclusivo da edição nacional de Iluminações, disponível nas melhores livrarias e no site da editora Aleph. Publico agora a terceira de três perguntas da entrevista que o pessoal da Aleph liberou para compartilhar aqui no blog (você lê a primeira clicando aqui e a segunda clicando aqui). No trecho abaixo,…

Papo com Alan Moore, autor de Iluminações (parte 2): “Super-heróis desempenharam um imenso papel na infantilização da cultura ocidental ao longo desta última década”

Entrevistei o escritor inglês Alan Moore, autor de alguns dos maiores clássicos das HQs mundiais. A nossa conversa teve como ponto de partida Iluminações, coletânea de contos do autor britânico publicada no Brasil pela editora Aleph, com tradução de Adriano Scandolara e capa de Pedro Inoue. O meu papo com Moore é conteúdo exclusivo da edição nacional de Iluminações, disponível nas melhores livrarias e no site da editora Aleph. Publico agora a segunda de três perguntas da entrevista que o pessoal da Aleph liberou para compartilhar aqui no blog (você lê a primeira clicando aqui). No trecho da conversa abaixo, Moore refletiu sobre…

Papo com Alan Moore (!), autor de Iluminações

Entrevistei o escritor inglês Alan Moore, autor de alguns dos maiores clássicos das HQs mundiais. A nossa conversa teve como ponto de partida Iluminações, coletânea de contos do autor britânico publicada no Brasil pela editora Aleph, com tradução de Adriano Scandolara e capa de Pedro Inoue. O meu papo com Moore é conteúdo exclusivo da edição nacional de Iluminações, logo mais disponível nas melhores livrarias.

David Lloyd fala sobre V de Vingança, distopias, fascismo, Bolsonaro, Trump e Boris Johnson

V de Vingança é um dos maiores clássicos dos quadrinhos mundiais. Com roteiro do Alan Moore e arte do David Lloyd, a HQ é ambientada em um futuro distópico e pós-apocalíptico do Reino Unido após uma guerra nuclear que devastou grande parte da população mundial. O anarquista mascarado protagonista do quadrinho tem como missão destruir o governo neofascista, LGBTfóbico, racista e fanático religioso que está no poder. O David Lloyd estará no Brasil nos próximos dias, como convidado da Comic Con RS e da festa de aniversário de um ano da loja Monstra, em São Paulo. Entrei em contato com…

Um Pequeno Assassinato: confira uma prévia do álbum de Alan Moore e Oscar Zárate publicado pela Pipoca & Nanquim

Tremendo lançamento esse quinto título do pessoal da Pipoca & Nanquim, hein? Depois de Espadas e Bruxas, Cannon, Moby Dick e Beasts of Burden, agora eles vão de Um Pequeno Assassinato, escrito pelo Alan Moore e com desenhos do artista argentino Oscar Zarate – que entrevistei por aqui na época do lançamento de A Vida Secreta de Londres, tá lembrado? Um Pequeno Assassinato tem 112 páginas, foi publicado originalmente em 1991 e ganhou o Prêmio Eisner de Melhor Graphic Novel em 1994. Saca a sinopse enviada pelos editores da Pipoca & Nanquim: “A história de Timothy Hole, um publicitário bem-sucedido…