Vitralizado

Animação / Cinema

A Teoria Pixar – Todos os filmes da Pixar são um só

Imagino que você já esteja sabendo da Pixar Theory. É uma teoria criada pelo jornalista Jon Negroni e postada no site dele na última 5ª (11/7): sabe aquelas várias conexões e easter eggs presentes nos filmes da Pixar? Elas não seriam aleatórias, mas apenas as peças mais explícitas e óbvias de um cenário muito maior. O texto original, em inglês, tá aqui e recomendo muito a leitura.

Pra quem quiser ler em português, fiz a tradução. Deu trabalho pra caramba. Assisti todos os filmes da Pixar, mas alguns deles somente em inglês, então não conheço/lembro alguns dos nomes das versões nacionais de personagens/lugares/objetos, por isso incluí alguns links da Pixarpedia pra deixar claro que estamos falando da mesma coisa.

Outro problema é que o texto do Negroni tá sendo modificado constantemente, daí essa versão minha pode nem ser a mais atualizada de todas. Vou fazer igual o autor do texto: se alguém pensar algum furo na teoria e quiser traduzir algo recentemente adicionado ao texto original, só avisar nos comentários. Posto aqui e dou o devido crédito. Sem mais. Saca só:

A Teoria Pixar

TP1

Todos os filmes da Pixar estão conectados. Vou explicar como e os motivos.

Há alguns meses assisti um vídeo divertido no Craked apresentando (pelo menos para mim) a ideia de que todos os filmes da Pixar existem dentro de um mesmo universo.

Desde então estou obcecado com esse conceito, trabalhando no que chamo de ‘Teoria Pixar’, um trabalho narrativo que conecta todos os filmes do estúdio em uma mesma timeline com um tema predominante.

Essa teoria cobre todas as produções da Pixar desde Toy Story, incluindo: Vida de Inseto, Toy Story 2, Monstros S.A., Procurando Nemo, Os Incríveis, Carros, Ratatouille, Wall-E, Up, Toy Story 3, Carros 2, Valente e Universidade Monstros.

Cada filme está conectado aos demais e seu desenrolar influencia todos os outros. Aqui vamos nós.

[Os textos em azul indicam atualizações na versão original]

Valente é o primeiro e último filme da timeline. Obviamente, esse filme sobre um reino Escocês durante a Idade Média apresenta o cenário mais antigo apresentado em produções da Pixar, mas é o único que explica o porquê de animais se comportarem como humanos de vez em quando nas produções da Pixar.

TP2

Em Valente, a Merida descobre que existe uma “mágica” que pode solucionar seus problemas, mas, sem querer, tornam sua mãe em um urso. Descobrimos que essa mágica vem de um estranha bruxa aparentemente ligada às misteriosas chamas de fogo-fátuo presentes na produção. Nós não só vemos animais se comportando como humanos , mas também vemos vassouras (objetos inanimados) agindo como pessoas na casa da bruxa.

TP3

Também descobrimos que essa bruxa inexplicavelmente desaparece toda vez que atravessa portas, nos fazendo acreditar que ela talvez nem exista. Vamos com calma, já volto a Valente. Por enquanto, vamos deixar registrado que a bruxa é alguém que conhecemos de um outro filme dessa timeline.

[Algumas pessoas me lembraram que os animais em Valente gradualmente param de agir como humanos, botando em xeque essa ideia que essa é a origem desse comportamento. Minha resposta é simples. Eles regridem pois a mágica perde o efeito. Com o passar do tempo, a inteligência evolui naturalmente.]

Após séculos, os animais de Valente que passaram por experimentos da bruxa se reproduziram, criando uma grande população de animais de personalidade e inteligência própria.

Há duas linhas de evolução: uma de animais e outra de inteligências artificiais. Os eventos dos filmes seguinte apresentam uma luta de forças entre humanos, animais e máquinas. No que diz respeito a animais, o desenrolar desse conflito é apresentado cronologicamente em Ratatouille, Procurando Nemo e Up. Perceba que não menciono Vida de Inseto, mas depois explico o motivo.

Em Ratatouille vemos animais experimentando essa humanização em condições menores e controladas. Remy quer cozinhar, algo que apenas humanos fazem. Ele cria uma relação com um pequeno grupo de humanos e se dá bem. Enquanto isso, o vilão do filme, Chef Skinner, desaparece. O que aconteceu com ele? O que ele fez com sua descoberta que animais são capazes de transcender seus instintos e realizar tarefas de forma melhor que humanos?

RATATOUILLE

É possível que Charles Muntz, o antagonista de Up, tenha ficado sabendo desse rumor e tido a ideia para suas intenções que expusessem os pensamentos dos animais, como seus cães, pelos seus colares de tradução. Esses colares mostraram pra Muntz que animais são mais espertos e até parecidos com humanos do que pensávamos. Ele precisava dessa tecnologia para achar a ave exótica pela qual ele era obcecado, ele até chega a mencionar os vários cachorros que perdeu desde sua chegada na América do Sul.

TP5

Porém, após a morte de Muntz, Doug e os outros experimentos dele ficam livres e não sabemos as implicâncias disso, mas sabemos que é crescente a animosidade entre animais e humanos. Agora que os humanos descobriram o potencial dos animais, eles começam a ousar. Para desenvolver novas tecnologias, os humanos começam um revolução industrial mencionada em Up.

[Algumas pessoas me lembraram que Muntz estava trabalhando na América do Sul antes dos eventos de Ratatouille. É verdade, mas não é dito explicitamente quando e como ele começou a desenvolver os colares. Outra coisa: sabemos que Ratatouille está ambientado antes de Up por vários motivos. Em Toy Story 3, um cartão postal na parede de Andy tem o nome e o endereço de Carl e Ellie (incluindo seus sobrenomes). Isso confirma que em 2010, o ano no qual Toy Story 3 é ambientado, a Ellie ainda está viva ou pelo menos não está mortá há muito tempo. Isso reforça a ideia que Up é ambientado anos depois.]

TP6

No começo de Up, o Carl é forçado a abandonar sua casa para uma empresa pois a cidade está sendo expandida. Pense nisso. Qual corporação é culpada por poluir a erra e terminar com a vida local em um futuro distante por excessos tecnológicos?

TP7

Buy-n-Large (BNL), uma corporação que controla aparentemente tudo quando chegamos a Wall-E. No comercial feito para o filme, ‘A História da BNL’, é dito que a empresa chegou a controlar até os governos. Já deu pra entender que essa corporação alcançou domínio global?

O interessante é que essa mesma organização dá as caras em Toy Story 3:

TP8

Em Procurando Nemo temos uma população inteira de animais marítimos agindo em conjunto para salvar um peixe capturado por humanos. A BNL volta a aparecer nesse universo em uma matéria sobre um belo mundo aquático. Os mundos estão colidindo em Procurando Nemo. Os homens estão se armando contra os animais inteligentes.

Pense em Dory por um instante. Ela é diferente da maioria dos peixes. Por quê? Ela não é tão inteligente. O problema de memória é consequência dela não ser tão avançada quanto as outras criaturas marinhas, o que também é um explicação razoável para a velocidade da evolução desses seres.

TP9

A continuação de Procurando Nemo, focada na Dory, deve provavelmente tratar desse tema e explicar mais. Também devemos ter mais evidêncas do clima hostil entre humanos e animais.

E esse é o filme mais distante do ponto de vista dos animais. Já sobre inteligência artificial, começamos com Os Incríveis. Quem é o principal vilão do filme? Você provavelmente pensou no Buddy, o Síndrome, que é quem basicamente comete o genocídio dos humanos com super-poderes.

TP10

Tem certeza que foi ele?

O Buddy não tinha poderes. Ele usava tecnologia para se vingar da descrença do Sr. Incrível. Soa um pouco estranho que aquele homem tenha chegado ao ponto de cometer genocídio.

E como ele mata todos os heróis? Ele cria um robô assassino que registra os movimentos de todos os super-humanos e se adapta. Um hora essa inteligência artificial se rebela do Síndrome, o que nos leva a acreditar que ele estivesse sendo manipulado pelas máquinas o tempo todo para que elas se livrassem das maiores ameaça da dominação robótica, os humanos super-poderosos. O filme até apresenta clipes de heróis com capas sendo mortos por obejtos inanimados, como turbinas de avião…acidentalmente.

TP11

TP12

[Alguns adendos interessantes: alguém sugeriu que o Randall voltando no tempo teria inspirado Edna a criar o uniforme de invisibilidade da Violet. Outra coisa, alguns questionaram se o Síndrome estava ou não sendo manipulado pela sua tecnologia. Lembre-se que o filme sugere estar ambientado no passado. O começo parece ser nos final dos anos 60 ou começo dos 70, o que significa que os eventos principais devem acontecer no final dos anos 80 ou começo dos 90. Isso é introdução coerente para Toy Story, quando vemos máquinas questionando os sentidos de suas vidas. É possível que o Síndrome criou essa tecnologia para ser melhor que seu ídolo. Isso não explica sua sede de vingança. Ele parece ter sido consumido por ódio, e isso me leva a sugerir que as máquinas quisessem ser utilizadas em função do objetivo do vilão.É isso ou as máquinas sabiam que matar os supers era a melhor forma de alcançar o domínio global pela BNL.]

Mas porquê as máquinas querem se livra dos humanos? Sabemos que animais não gostam de humanos porque eles estão poluindo a Terra e fazendo experiências com eles, mas qual o problema das máquinas?

Aí entra Toy Story. Vemos humanos usando e descartando ‘objetos’ conscientes. Sim, os brinquedos amam seus donos, mas nas sequências de Toy Story vemos os brinquedos perderem a paciência.

Mas como assim? Brinquedos não são necessariamente máquinas, mas objetos inanimados. Então como eles são inteligentes? O Síndrome dá a resposta. Ele diz ao Sr. Incrível que o combustível dos seus lasers vem da Energia de Ponto Zero. A energia eletromagnética existente no vácuo. É a energia invisível presente em comprimentos de onda e uma explicação razoável para como brinquedos e outros objetos ganham vida no mundo da Pixar.

TP13

Os brinquedos se rebelam contra Sid no primeiro filme. A Jesse é ressentida com sua dona, Emily, por ter sido abandonada. O urso Lotso odeia humanos no terceiro filme. Os brinquedos não estão satisfeitos com o status quo, dando um motivo para as máquinas eventualmente não demorarem para ficar livre dos humanos mais poderosos.

Com os supers extintos, a humanidade está vulnerável. Os animais têm a habilidade para tomarem controle do mundo, no estilo de Planeta dos Macacos, mas não vemos isso acontecer.

Da mesma forma, não vemos as máquinas tomarem controle. Por quê? Dá pra presumir que elas tomaram controle, mas não como esperávamos. Elas usaram a BNL, uma corporação, para dominar o mundo.

Em cada um dos Toy Story é explícito que os objetos com consciência confiam nos humanos para tudo. Para suas satisfações e até como fonte de energia. É mostrado que os brinquedos perdem a vida quando guardados, a não ser que estejam em um museu e sejam vistos por humanos.

TP14

Então as máquinas decidem controlar humanos usando uma corporação que supre todos os seus interesses, levando a uma revolução industrial que resulta em…poluição.

Quando os animais se revoltam contra humanos para impedir a poluição da Terra, quem vai salvar os homens? As máquinas. Sabemos que as máquinas vencerão essa guerra: quando ela chega ao fim, não há mais animais na Terra. Quem sobra?

TP15

Pois as máquinas desequilibram a situação, a Terra vira um lugar inabitável para humanos e animais, daí os humanos sobreviventes são colocados na Axiom (ou Arca de Noé se você quiser seguir a temática bíblica na qual Wall-E é o Robô Jesus e sua paixão é convenientemente chamada Eve) como um último esforço para salvar a humanidade.

TP16

O único propósito dos humanos na Axiom é serem servidos pelas máquinas. Elas tornaram os humanos seus dependentes para tudo pois eram como as máquinas eram tratadas quando eram ‘brinquedos’. É tudo que elas sabem fazer.

TP17

Enquanto isso, na Terra, as máquinas ficaram para povoar o planeta e seguir com a vida, isso explica como tradições e construções humanas continuam visíveis em Carros. Não há mais animais ou humanos nessa versão da Terra pois todos deixaram de existir, apesar de sabermos que ainda restaram muitas influências humanas. Em Carros 2, os automóveis precisam ir para a Europa e Japão, deixando claro que trata-se do mesmo planeta que conhecemos.

Então o que aconteceu com os carros? Até agora, sabemos que os humanos são a fonte de energia das máquinas. Por isso elas nunca se livraram deles. Em Wall-E é mostrado que a BNL pretende trazê-los de volta assim que o planeta estiver limpo, mas não deu certo. As máquinas acabaram morrendo na Terra, apesar de não sabermos como.

TP18

Sabemos que há uma crise de energia em Carros 2, com petróleo sendo a principal fonte apesar de seus perigos. Descobrimos que a corporação Allinol está usando ‘energia verde’ como um catalisador de combustível para afastar os carros de formas alternativas de energia. Esse combustível ‘limpo’ poderia ter sido utilizado para exterminar rapidamente muito dos carros.

TP19

[Alguém lembrou que ‘all in all’ tem o mesmo signigicado de ‘by and large’, tornando a conexão entre Carros e Wall-E ainda mais coesa.]

Aí retornamos a Wall-E.

Você já parou pra pensar por que Wall-E é a única máquina na Terra? Sabemos que o filme começa 800 anós após os humanos deixarem o planeta na Axiom, governada pelo Piloto Automático (outra inteligência artificial).

Será que o fascínio de Wall-E pela cultura humana e sua amizade com uma barata tenham o mantido focado e permitido a manutenção da sua personalidade? Esse é o motivo dele ser especial e ter libertados os humanos. Ele lembrava do tempo em quem máquinas e humanos viviam em paz, alheios à poluição causado por ambos.

TP20

Depois que os humanos são libertados por Wall-E e retomam a vida em sociedade na Terra, o que acontecer com eles? Nos créditos finais de Wall-E vemos o sapato que continha a última planta do planeta. Ela cresce e vira uma bela árvore. Uma árvore que lembra muito a árvore de Vida de Inseto.

TP21

TP22

TP23

Isso aí. A razão de nenhum humano aparecer em Vida de Inseto é por não ter muitos dele ainda. Sabemos que alguns insetos sobreviveram pela existência da barata, eles teriam se multiplicado mais rápido que os outros seres, apesar do filme ser distante o suficiente na timeline para os pássaros também terem retornado.

TP24

Mas tem mais. Vida de Inseto destoa bastante quando comparadas as várias retratações de animais. Ao contrário de Ratatouille, Up e Procurando Nemo, os insetos têm muitas atividades humanas, algo que os ratos de Ratatouille estão apenas experimentando. Os insetos tem cidades, cafés, sabem o que é um bloody mary e até possuem um circo itinerante. Daí presumimos que o filme é ambientado em um período diferente.

TP25

Outra coisa que diferencia Vida de Inseto dos outros filmes da Pixar é o fato de ser o único, além de Carros e Carros 2, que nem mesmo cita os humanos.

[Ok. Há muitos questionamentos sobre a ideia de que Vida de Inseto seja pós-apocalíptico, mas prestem atenção. O que me fez investir nessa ideia é a grande diferença entre o mundo dos insetos e as produções protagonizadas por animais. Em nenhum outro filme da Pixar há animais usando roupas, invenções malucas, animais criando máquinas ou tanta influência a ponto de existir bares e cidades. O que há de mais humano em Procurando Nemo é uma escola, algo mínimo. Em Vida de Inseto há um mundo onde não vemos a presença humana. Em determinado momento, uma formiga pede ao Flik param não abandonar a ilha pois há “cobras, pássaros e insetos maiores por aí”. Ela não cita humanos. Sim, há alguns humanos, como o garoto que arrancou as asas de um inseto mendigo, mas isso é possível no mundo pós-Wall-E. Outra coisa, os insetos devem ser radioativos para viverem por tanto tempo. A vida de um formiga não costuma durar mais de três meses, mas essas sobrevivem por um verão inteiro e aparentam estar por ali há algum tempo. Um das formigas chega a dizer que “voltou a se sentir com 90”. Isso é coerente se você aceitar que as formigas evoluíram e seus genes foram modificados.]

O que acontece? Humanidade, máquinas e animais crescem e vivem em harmonia até o nascimento de uma nova super espécie. Monstros. O mundo dos Monstros na verdade é a Terra em um futuro longínquo.

De onde eles vieram? É possível que os monstros sejam apenas animais evoluídos modificados por causa da radiação da Terra ao longo de 800 anos. [Não durante Wall-E. Acho que levou centenas de anos após Wall-E para os animais se tornarem monstros] Outra possibilidade seria um cruzamento entre animais e humanos para que eles sobrevivessem. Nojento, eu sei, mas plausível se você levar em conta que os filmes da Pixar sempre deixam em aberto as linhas que separam humanos e animais.

TP27

Por alguma razão, esses monstros parecem versões modificadas dos animais, mas maiores e civilizados. Eles possuem cidades e faculdades, como vemos em Universidade Monstros.

[Alguns me lembram que isso não explica plenamente o que aconteceu com os humanos. Não encontrei ainda uma teoria que gosto, mas estou inclinado a crer na ideia que monstros e máquinas esqueceram de seus vínculos com os humanos e voltaram a se livrar deles, só tendo consicência desse erro quando os humanos foram extintos, levando à necessidade da viagem do tempo. Outra explicação é que os humanos simplesmente não conseguiam mais sobreviver na Terra.]

Em Monstros S.A. há uma crise de energia pois eles estão em um futuro distante na Terra em que não há mais humanos. Humanos são a fonte de energia, mas graças às máquina os Monstros encontram uma forma de usar portas para viajar para o mundo dos homens. Mas não são dimensões diferentes.

TP28

Os monstros estão viajando para o passado. Eles estão armazenando energia para evitar a própria extinção indo quando a humanidade era mais proeminente. No limiar da civilização, se você preferir.

Apesar de muito tempo ter passado, os monstros/animais nunca perderam suas animosidades em relação aos humanos. A crença de que qualquer toque em um humano poderia destruir o mundo deles vem de instintos passados. Por isso eles assustam humanos para armazenar energia até descobrirem que risos (energia verde) é mais eficiente por ser naturalmente mais positiva.

[Caso você prefira, outra explicação levantada por alguns: as máquinas e os monstros criaram as portas de viagem no tempo, mas perceberam que mexer com o passado poderia mudar a história e até apagar suas existências. Daí elas enganaram alguns monstros com a teoria de que humanos são tóxicos e de outra dimensão, tornando mortal qualquer interação com o próprio mundo.]

Até vemos uma conexão entre Vida de Inseto e Monstros S.A. no trailer presente nos dois filmes. Como você pode ver, o trailer é exatamente o mesmo, apesar do presente em Vida de Inseto ser obviamente mais antigo e acabado, enquanto o de Monstros S.A. )no qual Randall é enviado por uma porta) tem humanos e parece mais novo.

TP29

Olha a foto acima. N esquerda está o trailer de Vida de Inseto e na direita o de Monstros S.A. O da esquerdar parece velho e destruído. Até a vegetação é claramente mais seca e escassa. O trailer da direita tem humanos e está cercado por grama alta e árvores.

[Algumas pessoas argumentaram que o trailer não deveria ser nada além de poeira no mundo pós-apocalíptico de Vida de Inseto. Não concordo por conta do estado de alguns prédios em Wall-E. Também lembraram da armadilha elétrica para insetos. Sua energia poderia ser solar, assim como o Wall-E. Os insetos provavelmente usavam como uma fonte de luz para indicar a Cidade Inseto para outros insetos. Outra coisa, o trailer de Vida de Inseto não é iluminado como o trailer de Monstros S.A.]

Daí Monstros S.A. é o filme da Pixar ambientado em um futuro mais distante. No final, humanos, animais e máquinas se entenderam e finalmente encontraram uma forma de viver em harmonia.

E tem a Boo. O que você acha que aconteceu com ela? Ela viu tudo acontecer em um futuro distante da Terra na qual o ‘gatinho’ era capaz de falar. Ela ficou obcecada em descobrir o que acontecer com seu amigo Sully e o motivo de animais não serem tão espertos quanto aqueles que ela conheceu no futuro. Ela lembrava que eram as portas que a levavam ao Sully e acaba virando…

TP30

A BRUXA.

Sim, Boo é a bruxa de Brave. Ela descobre cmo viajar no tempo para encontrar Sully, e vai à fonte. As chamas de fogo-fátuo. Ali começou tudo e, como uma bruxa, ela desenvolve essa mágica como um esforço para encontrar o Sully usando portas que voltam e avançam no tempo.

[Só para esclarecer: a teoria é que a Boo descobriu sozinha como usar as portas para viajar no tempo. Ela provavelmente foi para a Idade Média para pegar mais mágica das chamas.]

Como sabemos disso? Em Valente dá pra ver rapidamente um desenho na casa da bruxa. É o Sully.

TP31

Vemos até o caminhão da Pizza Planet em uma escultura de madeira da bruxa, e isso só faz sentido se ela já tiver visto um… (e tenho certeza que viu, pois o caminhão está presente em todos os filmes da Pixar). Se você prestar atenção encontra o caminhão na imagem abaixo.

TP32

Você lembra da Merida abrindo as portas e a bruxa constantemente desaparecendo? Elas são feitas da mesma forma das portas de Monstros S.A. Elas transportam pelo tempo e esse é o motivo da Merida não encontrar a bruxa.

[Muita gente me lembrou dos vários easter eggs presentes em todos os filmes da Pixar. Citei poucos deles, mas uma boa teoria pensada por algumas pessoas sugere que eles foram inseridos pela Boo, seja propositalmente ou não, em sua busca pelo Sully. Algo que reforça essa crença é o fato de todos os easter eggs de Valente estarem na casa dela.]

A Boo chega a encontrar o Sully? Gosto de acreditar que sim. Ele voltou a encontrar com ela pelo menos uma vez, no final de Monstros S.A., mas ele acabaria tendo de encerrar as visitas.

No final das contas, o amor dela pelo Sully é o cerne do universo Pixar. O amor de pessoas diferentes, de idades diferentes e até de espéciais diferentes tentando encontrar formas de viver na Terra sem destruí-la somente por luxos energéticos.

E essa é a Teoria Pixar.

Não tenho dúvidas de que muito será acrescentado a ela quando o próximo filme da Pixar, The Good Dinosaur, for lançado, em 2014.

TP33

[Um adendo: aparentemente, o enredo de The Good Dinosaur mostra um universo alternativo em que dinossauros não foram extintos pelo meteoro. Nessa realidade, os humanos são seus animais de estimação. Minha teoria é que esse “universo alternativo” vai explicar por que o universo da Pixar é tão diferente do nosso. A evolução não roi interrompida por uma catástrofe mundial. Os humanos evoluíram para supers e os animais ganharam consciência mais rapidamente, acelerando o apocalipse dos rescursos da nossa linha do tempo. Ah, e a Dinoco de Toy Story é boa conexão sobre a qual podemos especular.]

Até lá, caso você tenha algo para contribuir e corrigir, não hesite em avisar. Obrigado pela leitura!

703 comentários A Teoria Pixar – Todos os filmes da Pixar são um só

    1. killasd

      não consegui comentar então botei como resposta,não sei se foi apenas uma brincadeira da pixar ou se é uma referencia a isso,mas no final de toy story 3,nos creditos, eles fazem uma referencia que vida de inseto acontece na mesma epoca que toy story 3,veja os creditos,os 2 insetos aparecem la falando “eu não acredito que nos chamaram pra mais um filme” ae mostra que eles estavam apenas em uma folha e buzz estava passando com outros brinquedos,isso não é contraditorio a toda teoria?

      Reply
  1. Julia

    Como estudante de Ciências Biológicas, queria avisar que o processo de evolução demoraria muito mais que 800 anos para acontecer (como citado que homens teriam se tornado monstros em Monstros S.A.). A diversidade destes seres é muito grande no filme e consequentemente demoraria milhões de anos para acontecer. Sendo muitíssimo otimista (extremamente), poderíamos contar com muitos e muitos milhares de anos. A não ser que a Pixar ou a divindade que coloca essas histórias em sequência não tenha a MÍNIMA ideia de teorias evolutivas, isso é extremamente inviável. Eu diria impossível. Espero ter contribuído =)
    E parabéns pela matéria, ficou bem legal!

    Reply
    1. Guilherme Silva

      Na vdd Júlia, Quem evoluiu para mostros foram os animais q sobraram depois de vida de inseto e wall-e.
      e eles teria evoluido deviado a radiação, oq em tese aceleraria essa evolução.
      Ou pélo cruzamento de humanos e animais que bizarramente teria dado certo ja q esses animais nao são os mesmo animais q temos hj, isso poderia tb ter sido uma tentativa desesperada de sobreviver no mundo “novo” no qual qual os humanos retornaram em Wall-e ja q eles nao deveriam ter voltado ainda, pq foi o wall-e q fez eles voltarem e nao a piloto da nave.
      Tb foi citado q nao teria sido apenas nos 800 anos de wall-e, mas alguma centena de anos depois.
      Mesmo assim vc tem toda razão, levaria milhares de anos pra eles evoluirem de animais para mostros. tem um novo filme vindo ai, quem sabe ele nao explica isso ^.^

      Reply
      1. carol

        isso é obvio. é como se fosse um tipo de dimensão diferente da nossa.. ficaria legal se utilizasse o conceito das dimensões na teoria pixar.. como por exemplo as portas do “monstros S.A.”, as portas são tipo uma passagem pra outra dimensão, dessa forma os monstros não precisariam ter evoluído de exatamente robôs, maquina ou animais. Eles são d outro tipo de dimensão que descobriram uma passagem para buscar a sua própria fonte de energia.
        isso é possível na teoria pixar?

        Reply
    2. Helena

      Na verdade, Julia, mais do que isso, o que mais me incomodou nessa teoria é a distinção feita entre animais e humanos, uma vez que nós humanos somos animais. E toda a linha de pensamento que foi construída traça a história da evolução como se humanos tivessem evoluído independente dos outros animais e isso é absurdo.
      Talvez uma simples mudança de termos e dessa forma antropocêntrica de pensar torne tudo mais coerente.

      Reply
      1. Marina

        Concordo com a Helena sobre essa separação homem-animal. Somos tão desligados da natureza hoje que já nem nos lembramos que somos também parte dela, e que somos também animais. Essa visão poderia mudar algumas coisas na teoria.

        Reply
  2. Henrique

    Oi, acabei de ler a teoria e achei interessante, so quero fazer um lembrete, mas nao sei se estou enganado, mesmo pq eu nao vi todas as animações da Pixar, mas vc disse nas suas ultimas linhas que a Dinoco de Toy Story… A Dinoco não é uma grande corporação em Carros ?

    Reply
        1. Evandro

          Mais uma curiosidade:
          no mundo da série de filmes Carros,os animais são todos veículos,mas a logomarca da Dinoco não tem formato de carro mas sim um verdadeiro dinossauro,que não tem formato de carro

          Reply
  3. Pedro Henrique

    Por que nos créditos de Toy Story 2 aparecem os personagens de Vida de Inseto se eles são do futuro? E vc já notou q nos créditos de Carros eles se fantasiam igual aos personagens de outros filmes da Pixar?

    Reply
    1. eloisa

      Também pensei nisso, Pedro. Acho que seria apenas um entretenimento, principalmente porque em alguns créditos eles retratam tudo como se fosse um set de filmagem.
      Mas pensando bem, e se isso significar que no final de tudo vão unir as animações em algo como se nossos queridos personagens, do futuro distante, em que todos vivem em harmonia, estejam todos fazendo um vídeo para alertar a nós, que somos de um mundo diferente porém que toma o mesmo rumo, sobre os problemas que podemos estar causando? Ou uma mensagem de aviso lançada no espaço e acaba por chegar na Terra. Como em “Prometeus” o filme que devia ser o precedente de “Alien”. Pode ser, não?

      Reply
    2. Isabela

      Na tradução em inglês isso foi explicado, resumindo. A Boo acabou trazendo acidentalmente eles para o passado:

      [It’s even possible that the wood from the tree in A Bug’s Life is the source of Flik’s ingenuity, due to his fascination and respect for seeds growing into trees. The tree also bears a resemblance to the one in Up that Carl and Ellie frequented, which could be the source of Carl’s wild creativity in using balloons to transport his house. This also explains why Flik and Heimlich from A Bug’s Life show up in Toy Story 2. Boo was trying to go to the future and could have fallen short by landing the post Wall-E time. She would need wood to keep time travelling, but there’s not much around yet, so she stumbles upon the tree in A Bug’s Life. She could have accidentally brought back a few bugs with her when travelling backwards in time.

      Reply
    1. Matheus

      Vai ver foi ele e sua descendência causas importantíssimas no aparecimento, desenvolvimento e dominação dos monstros! Se é que entendi direito a sequência dos acontecimentos…

      Reply
    2. IAN

      Como o abominável homem das neves que foi banido , ele possivelmente viveu em exílio e foram criando-se lendas em cima da imagem dele , ou ele simplesmente foi visto como um jacaré qualquer

      Reply
      1. eloisa

        Vai ver isso deu ainda mais ctza pra Boo de que o Sully era real. Pq já que era pequena poderia pensar que foi tudo um sonho, mas com o aparecimento do Randall e o pé grande (e vai saber se até o Monstro do lago Ness não devia ser um exilado), quem sabe tudo isso só reforçou a busca da Boo pelo Sully?

        Reply
  4. Pedro Henrique

    Será q a bruxa (Boo) fez com q o Remy fosse mais “especial”? Porque ele pode ler, cozinhar, identificar comidas envenenadas e pode se interessar e entender coisas humanas como TV e culinária.

    Reply
  5. Duna

    A universidade monstro foi fundada em 1313, seria possível que esse é o ano em que Valente se passa, criando mais uma conexão? Talvez seja por isso que a Boo Bruxa esteja lá quando velha, e talvez haja uma conexão entre os fogos fátuos e os monstros.

    Reply
        1. Ana

          Bolt não é, pois a Pixar foi comprada pela Disney faz pouco tempo, portanto os filmes produzidos antes da junção dos dois, não se aplicam à linha do tempo. Como Valente é recente, já foi feito de forma conjunta, portanto a linha do tempo pode seguir de acordo com a linha do tempo da Pixar antes da Disney.

          Reply
  6. rodrigo

    olha,um fato no carro(o primeiro)é que a rodovia “abandonada”seria a ROUTE 66,QUE PELO QUE foi desativada nos anos 1980 e hoje e uma rodovia historica,se nao me engano um dos carros no filme dizia a quantidade de anos que ela estava desativa( mais ou menos 20 ACHO) o que sugere que se passase antes do “apocalipse” mais ou menos na época do filme UP, onde estaria ocorrendo uma grande expanção nas cidades,se quiserem completem meu comentario

    Reply
    1. Micael

      Aconteceu realmente na mesma época, porém em locais diferentes, pelo que eu estava lendo, provavelmente os humanos tiveram s=que se reunir em um mesmo local (Em UP fala sobre isso) e mais, isso é o que explica o fato de que em carros ainda eles terem energia, por mais que seja pouca.

      Reply
  7. César

    Só li o começo, depois nem me preocupei em ler o resto, pois comprovada ou não a brincadeira da “teoria”, isso tudo é de uma irrelevância tão grande que não serve nem mesmo como passatempo.

    Reply
    1. Duna

      Eu achei irrelevante o seu comentário, para falar a verdade. 🙂
      Você deve ser muito ocupado com coisas relevantes para estar aqui, comentando em um post que não te interessa. 🙂

      Reply
    2. Rafael Marques

      E nem precisava deste comentário. Acha irrelevante? Fecha a aba do browser…
      No mais, achei inicialmente uma viagem despudorada, mas tantas pistas não seriam apenas coincidências ao acaso, assim como a teoria dos filmes do Tarantino compartilharem um mesmo universo. Se a Pixar concebeu isto conscientemente, mais um motivo para admirá-los.

      Reply
  8. Matheus

    Nos créditos de Monstros SA, tem uma cena do Sully conversando com um monstro gigante em uma esquina da cidade, esse monstro gigante é aquele dinossauro de brinquedo do Toy Story, isso não seria contraditório pela ordem cronológica dos filmes segundo a teoria?

    Reply
    1. Thassio

      Nos creditos o dinossauro aparece em um tipo de erro de gravação… feito apenas para descontrair depois do filme, o monstro gigante que aparece nao e o “dinossauro de brinquedo do Toy Story”. 🙂

      Reply
    2. Micael

      Até porque um era um brinquedo (de pequeno porte, a ponto de passar por uma passagem de ventilação) e o outro era gigantesco, portanto, mesmo que sejam parecidos eles não eram o mesmo.

      Reply
      1. Sofia

        O que talvez levante a hipótese que os ditos “monstros” são muito muito pequenos na sua dimensão e quando entram em outra dimensão (no caso os quartos das crianças) ficam se tamanho “padrão” para nós seres humanos

        Reply
  9. rodrigo

    notaram que a boo poderia ser a irmã do endie(de toy storie)por saber do pizza planet,e aumentar a relação entre filmes e resumindo: se matarmos a boo salvamos o planeta,pois sem ela os animais nao evoluem,nem os objetos “inanimados”,ja que em valente os objetos tambem ganham vida e poderiam evoluir como os animais instigando a revoluçao da maquinas,e tudo dai para frente.

    Reply
    1. Aline

      Na verdade, está mais para a Boo ser a Boonie (o que traria o apelido de Boo), menininha que o Andy doa os brinquedos no final de Toy Story 3 do que a Molly, Irmã dele que, se não me falha a memória, é loira.
      A Boo tem alguns brinquedos típicos de Toy Story no quarto dela, inclusive, é bem interessante pensar nessa possibilidade.
      Nossa, é incrível como as coisas vão se ligando quando a gente para pra pensar nisso! *-*

      Reply
        1. na

          Para mim a Boo não poderia ser a Bonnie, porque quando o Sully deixa ela em casa realmente ela possui uma boneca Jesse, porém nao pode ser a que o Andy dá para a Bonnie, pois a Boo tem mais ou menos 2 ou 3 anos em Monstros S.A. , enquanto a Bonnie quando ganha a Jesse aparenta ter 4 ou 5 ou 6 anos.
          O que me leva a pensar que a Boo deve ter a boneca porque foi comprada por seus pais o que pela timeline do autor aconteceria quando ele cita Toy Story 2 (1999).
          Toy Story 3 é citado em 2010, 11 anos depois, a Boo teria 13 ou 14 anos, logo ela nao poderia ser a Bonnie.

          Reply
        2. renie

          mas nao estao levando em conta que boo é apelido dado pelo Sully ja que em seu primeiro encontro eu usa a onomatopeia Buu pra assustar o gatinho e sai rindo entre suas pernas. nao lembro de seu nome real ser citado no filme…

          Reply
        3. Natália

          o caso da boneca Jessie pode ser explicado pelo simples fato de que quem pode ter colocado-a lá foi a bruxa de Valente (ou seja, a própria Boo) ao longo de sua viagem no tempo à procura de Sully. Não só a boneca mas todos os outros easter eggs que aparecem nos filmes da Pixar. Uma comprovação disso é o fato de que todos esse easter eggs presentes em Valente se encontram na casa da bruxa.

          Reply
  10. Anonymous

    Olha, tem muitas brincadeiras na internet que falam que estraga sua infância e tals, mas essa realmente mexeu comigo. Chegou até a me deixar assustado o fato de filmes “inocentes” terem tanta relação. Se a Pixar foi tão boa a ponto de criar uma história tão fantástica, dou meus parabéns, mudaram completamente a minha infância… Parabéns pela tradução do texto gigante, à partir de agora, vou assistir os filmes da Pixar com outros olhos…

    Reply
    1. Edmur

      na real.. tudo deve ser assistido ou lido com a mente e os olhos bem abertos.. há anos venho tecendo e acompanhando teorias.. me divirto muito.. poderia citar várias que acontecem desde sempre na industria americana… coisas que mexem com semiótica e subconsciente..

      Reply
  11. Isah

    Oii achei muito interessante essa teoria principalmente da boo ser a bruxa de valente gostaria de saber mais sobre isso pois amo mt a boo e o sully fiquei chocada quando vi o desenho dele na madeira quase q não acreditei sempre q vejo a cena do filme em q eles se separam eu choro d++ pq amo muito os dois principalmente os 2 juntos….. então se tiver algum link sobre essa teoria da boo ser a bruxa de valente por favor me envie queria muito saber sobre isso bjks aah e queria saber se é provável q a pixar vai fazer um filme em q mostra a boo encontrando o suly

    Reply
    1. Az Az El

      Bom dia Isah!

      Para você saber mais sobre o assunto o melhor lugar seria o site original da teoria q foi passado no texto ( http://jonnegroni.com/2013/07/11/the-pixar-theory/ Mas q eu coloco aqui pra você não precisar procurar). A teoria é realmente bem interessante, porém, não há nada q indique um possivel reencontro deles (Mesmo assim também não há nada que impeça q aconteça)

      Vale ficar no aguardo e torcer pra acontecer! 🙂

      Reply
  12. Gil

    Senti falta do Shrec, li na internet q a Pixar ia comprar o que faria todo sentido. O que voce acha Ramon qdo vai ser? tomara q va para frente Shrec 4 seria demais mas como faria pra encaixar? Shrec podia dar aula na faculdade de monstros neh

    Reply
  13. luisabressane

    Eu só não entendi a parte que diz que os brinquedos não tem vida quando não em museus ou vistos…
    Pois os brinquedos não estão vivos exatamente quando não são vistos?

    Reply
      1. Eduardo

        Então. O artigo está um pouco contraditório porquê o artigo mesmo cita a cena de vida de inseto em que um gafanhoto pede esmolas por um garoto ter arrancado suas asas.

        Reply
  14. Johny Ramos

    Sou grande fã dos trabalhos da Pixar e achei sensacional a matéria que realmente tem lógica. Mas me tirem uma duvida e me corrijam se entendi errado: Brave é o primeiro e Monsters, Inc. o ultimo da cronologia. Tendo em vista que Sully volta no tempo para buscar energia através dos gritos, é plausível que Boo seja a Bonnie de TS3 e pelos easter eggs, a bruxa de Brave. Mas ae vem o ponto: se a inteligência e a “humanização” dos animais ocorrem pelas experiências da bruxa de Brave, e Sully seja um resultado de anos de evolução por conta dessas experiências, pensando dessa maneira, a “criadora” de Sully teria sido a Boo, o que nao bate com o fato de ela estar procurando ele em Brave, através das viagens pelas “portas-portais” e só ter conhecido o Sully em Monsters, Inc. quando era pequena. Teríamos um loop estranho na história: Boo esta a procura do amor de infância, e anos depois, pela viajem do tempo e portais, ela faz experiências que milhares de anos depois surgiria o Sully (mas ela conheceu quando

    Reply
    1. Johny Ramos

      …criança) a menos que eu tenha entendido errado, claro. Tirando esse fato da Boo e a Bruxa, realmente todos os fatos batem e fazem sentido.

      [apertei sem querer o enviar, por isso continuei o pensamento sai, foi mal]

      Reply
        1. Junior

          Um loop do tempo acontece sem ser esperado, a Boo (bruxa) não sabe que ela é a responsável pela criação dos monstros já que ela os conhece em sua infância (onde o loop tem inicio), como ela não sabe como suas ações irão afetar o futuro ela começa sua busca por sully. Isso desencadeia todas as mudanças futuras, Boo só poderia saber que ela é responsável por essas mudanças se ela avaliar minuciosamente todo o impacto de suas experiencias ao longo dos milênios o que talvez não tenha acontecido. As mudanças foram lentas e levaram milhões de anos ao que eu acredito ela nunca irá perceber que é a responsável por todas as mudanças do seu mundo. Pode haver uma razão ainda não explicada para que ela interaja com os monstros e resulte estas mudanças, sua intervenção pode ter sido planejada e premedita por outra pessoa que já sabia que era necessário que ela se ligasse a sully para que o futuro pudesse acontecer como eles esperavam.

          Reply
    2. Carlos

      Na verdade a teoria não precisa ser revisada!
      Ela está pronta e formada…

      Essa questão de os animais só serem inteligentes pq a Boo voltou ao passado, e este evento inicial é o que desencadeia os fatores que levam ao fim da humanidade, e o surgimento de uma nova raça a qual pertence Sully, o viajante do tempo que retorna para a infância de Boo, que desperta na garotinha paixão por seu grande amigo, e a motiva a viajar pelo tempo para reencontra-lo… Para isso Boo aprende mágica, e dai ela aprende a viajar no tempo também, e para aperfeiçoar seus conhecimentos ela volta a um passado mais distante, e nesse passado distante sua mágica influencia diretamente no comportamento dos animais, que a partir disso desencadeará na evolução dos animais, e dai todos os outros fatores já citados…

      Bem, consideremos o paradoxo do Avô,

      – vc viaja no tempo e mata se avô.
      – seu avô morre, logo seu pai não existirá e nem vc.
      – então não haverá ninguém para viajar no tempo e matar seu avô
      – o que garante que seu avô viverá e seu pai nascerá, e consequentemente vc tbém
      – dai vc poderá viajar no tempo para matar seu avô…

      Lembrando a teoria da relatividade de Einstein, onde tempo e espaço estão pré determinados, tudo está escrito! Passado e futuro já aconteceram!

      Consideremos o tempo então, assim como tudo em nosso universo, teorize algo cíclico, tal qual as órbitas planetárias, os ciclos de vida e morte das estrelas e etc… ou seja, nossa linha de tempo não é infinita, e nem tem um ponto inicial e final, ela apenas gira, tal como um relógio!

      Por mais que vc viaje no tempo e mate seu avô, o velho sempre aparecerá vivo em um ponto na linha do tempo…

      Assim também acontece com nosso amigo Sully e com a Boo… em algum ponto da linha do tempo um deles estará lá, e como a existência de um está intimamente relacionada com a existência do outro… logo os eventos sempre se repetirão.

      enfim… essa seria uma justificativa para tal paradoxo…

      mas conforme citado em uma nota do autor no texto da matéria traduzida: “[Algumas pessoas me lembraram que os animais em Valente gradualmente param de agir como humanos, botando em xeque essa ideia que essa é a origem desse comportamento. Minha resposta é simples. Eles regridem pois a mágica perde o efeito. Com o passar do tempo, a inteligência evolui naturalmente.]”

      Ou seja… a evolução animal em si não está diretamente ligada à ação da magica da Boo, mas sim a um fator natural!

      (pelo menos foi essa a minha interpretação do texto, de acordo com a nota destacada acima)

      Reply
    3. Duna

      Você nunca assistiu Exterminador do Futuro? No primeiro, um rebelde volta no tempo para proteger a Sarah Connor, a mãe do John Connor, que seria líder dos rebeldes, que ainda nem tinha nascido, não? E é esse próprio cara do futuro que engravida a Sarah, gerando o John Connor que ele foi proteger.

      Então, no fim é a mesma coisa.

      Reply
  15. geh

    Dinoco não está presente apenas em Toy Story, é também presente em Carros, marca que patrocina um dos carros de corrida e que ajuda na realização do sonho do Mate a voar de helicóptero.

    Reply
  16. na

    Achei muito interessante , principalmente porque faço cinema. Tenho mais dois pontos de que em Monstros S.A. as portas levam para o passado; 1º a Boo foi para o “futuro” e voltou, aparentemente, na mesma noite. O que me fez pensar nisso foi o fato de estar tudo no mesmo lugar e seus pais não terem dado falta da menina, Alguém não concorda que se uma criança pequena sumisse seus pais iriam ficar desesperados? 2º Se Toy Story 2 se passa em 1999, como na timeline feita pelo autor da Teoria, a Boo possui uma boneca Jesse que ela entrega para o Sully quando os dois se despedem, junto com um urso de pelúcia, a tão famosa bola amarela com a estrela vermelha e a listra azul (que encontramos em vários filmes Pixar) e um peixe palhaço de brinquedo.

    Reply
  17. Matheus Rodrigues

    Sim, tudo o que esta escrito ai tem sentido, no monstros S.A. tem uma parte que aparece o simbolo que aparece no filme Wall-e. Lembrei disso pois assisti monstros S.A. muitas vezes ja. Sobre a Boo, sik ela e parecida com a menina do T-S-3. Percebi que alguns desenhos que ela faz tem os bonecos do T-S quando o Suly vai deixar ela na cama. Outra coisa, o robo que eles usam pra treinar os monstros e muito parecido com o Andy do T-S-1, isso seria um modo de dizer que os humanos sao escravos? Vlw e bom post cara!

    Reply
  18. Keth

    No fim de Monstros S/A, qnd a Boo volta pro quarto dela, animada ela mostra todas as coisas que tem pra Sully, incluindo um bichinho de pelúcia de peixe-palhaço, que me fez lembrar do Nemo..

    Reply
  19. carol

    e se fosse um tipo de dimensão diferente da nossa.. ficaria legal se utilizasse o conceito das dimensões na teoria pixar.. como por exemplo as portas do “monstros S.A.”, as portas são tipo uma passagem pra outra dimensão, dessa forma os monstros não precisariam ter evoluído de exatamente robôs, maquina ou animais. Eles são d outro tipo de dimensão que descobriram uma passagem para buscar a sua própria fonte de energia.
    isso é possível na teoria pixar?

    Reply
  20. Danilo

    Muita piração para uma pessoa só rs, o cara tentou amarar algumas coisas que não fazem sentido. Gostei de saber de alguns easter eggs entre um filme e outro, mas a teoria toda é muito zuada rs. Os filmes da Pixar, falam de humanos(como toda produção humana), sejam através de carros, insetos, robôs, estamos expondo a humanidade e como somos egocêntricos.

    Reply
    1. Patrick Freitas

      O motivo trailer ser mais novo em monstros S.A. , é que o trailer aparece no momento que eles voltam ao passado usando as portas.

      acho que é isso, não posso confirmar pq estou me baseando no que esta na matéria, já que não lembro dos filmes :3

      Reply
    2. Daniel

      Até porque na cena do filme Monstros S.A os humanos ainda existem, provando ser passado e antes de Vida de Inseto, que acontece após o apocalipse, quando não há mais monstros na terra.

      Reply
    1. Caique Elias

      Valente, Os Incríveis, Toy Story, Toy Story 2, Procurando Nemo, Ratatouille, Toy Story 3, Up, Carros, Carros 2, Wall-e, Vida de Inseto, Universidade Monstros e por último Monstros SA.

      Reply
    1. na

      O que está escrito é:
      “Em Ratatouille vemos animais experimentando essa humanização em condições menores e controladas. Remy quer cozinhar, algo que apenas humanos fazem. Ele cria uma relação com um pequeno grupo de humanos e se dá bem. Enquanto isso, o vilão do filme, Chef Skinner, desaparece. O que aconteceu com ele? O que ele fez com sua descoberta que animais são capazes de transcender seus instintos e realizar tarefas de forma melhor que humanos?”

      O vilão do filme Ratatouille é o CHEF SKINNER, que some sim depois que os ratos soltam ele e o inspetor sanitário, que denunciam o restaurante e ele é fechado.
      Quem abre um restaurante para o Remy é o critico gastronômico Anton Ego que nao é o vilão do filme.

      Reply
  21. PJ

    Gostei da teoria, é uma maneira legal de ver o universo Pixar, mas vi um problema: um dos Easter Eggs dos filmes de Toy Story é o Chucrute de Vida de Inseto se movimentando em uma planta enquanto Woody e companhia andam.

    Para mim, isso quebra um pouco a linha, mas, no todo, é um visão interessante.

    Reply
  22. B.França

    Há também a possibilidade de tudo ser uma grande coincidência ou até mesmo uma ‘estratégia de coincidência’ da própria pixar pra interligar e marcar seus filmes.

    Reply
  23. bia

    Um dos filmes do toy story ( não me lembro qual) , no final aparece os insetos do vida de inseto fazendo uma participação no filme como se fosse um extra na gravação , será que isso não quebra a teoria já que existe humanos no toy story?

    Reply
    1. gabriel

      Toy Story 2. E no filme Vida de Inseto, aparece um pé quase esmagando a formiguinha, então no filme Vida de Inseto têm sim humanos. Tendeu?? Tem humanos no Vida de Inseto, e no Toy Story.

      Reply
  24. Taise

    oi,achei a teoria incrivel,mas ainda fkei com um grilo na cabeça,a boo encontra Sully no final do filme,só se a partir dai que ela descobre como utilizar as portas,pq no filme universidade de monstros explica que as portas podem se ativadas pelo outro lado.No primeiro filme mostra que as risadas de boo ativaram milhares de portas,então seria possivel ela ativa a porta!!

    Reply
    1. Carlos Ruiz

      Complementando o comentário: o mundo pixar se passa em torno desse ciclo, os outros filmes são apenas situações simultâneas para que dê sentido na história como um todo. Mas como os filmes são voltados para crianças, creio que os diretores quiseram brincar com nossas percepções e mostrar, também, que filmes para crianças podem nos trazer muito questionamento.

      Reply
      1. Carlos

        Assim como Adventure Time 😉

        Claro que ele não tem um easter egg dessa proporção que vemos na Pixar!

        Mas é um desenho muito bom, e uma vez que vc descobre o grande significado do desenho, vc descobre que não se trata apenas de uma simples historinha para crianças.

        Reply
        1. Yasmin

          Eu tenho medo de Hora de Aventura, cara… desenho extremamente inteligente apesar da máscara infantil o_0 eles ligam mínimos detalhes que foram apresentados em algum outro episódio bem distante…

          Reply
  25. Julio

    Interessante essa teoria. Interessante também quando sair Inside Out, novo filme da Pixar, em 2015, a historia terá Montros, Humanos no futuro, Peixes. Tudo isso acontecendo dentro da mente de um ser humano. Talvez isso explique mais as coisas.

    Reply
  26. Fany

    E o lance do ‘mata-mosquito’ brilhante na hora em que Flik chega a cidade? O mosquito realmente morre, então não acredito que seja apenas para indicar a cidade.
    Eu achei meio confuso o texto. Acho que deveria pensar em uma forma de torná-lo mais cronológico.
    Adorei a ideia da Boo ser a bruxa, mas é meio furada por conta do final do filme, em que a voz da Boo continua a mesma.
    E se formos pensar dessa forma, a Boo criança passou o resto da vida tentando encontrar a conexão entre passado e futuro, mas é grande pergunta é: como é que ela encontrou?
    Eu gostei da teoria. Sou fã da Pixar, tenho a maioria dos filmes.

    Sugestão: Acrescentar alguns dos curtas produzidos. O velhinho do curta extra de Vida de Inseto também faz uma participação em Toy Story e em algum outro curta de outro filme, acho que é Valente.

    Me mantenha informada! 🙂

    Reply
  27. Fany

    Outra coisa a se pensar são os erros de gravação do ‘Vida de Inseto’ em que o Flik fala a frase bordão do Buzz ”Ao infinito e além”… Como ele conhece a frase? Será tudo brincadeira dos produtores do filme.
    Muito pano pra manga, galera.

    Reply
  28. Felipe Castilho

    Aquela bola amarela e azul da estrela vermelha, do Toy Story, aparece em Universidade de Monstros. E tem algum outro filme onde aparece rapidamente um alienígena de borracha do Pizza Planet, aquele de três olhinhos. Vou assistir tudo pra ver se encontro 🙂

    Reply
  29. tâmara

    sei la… se pa foge um pouco.. sobre a teoria ou não…

    ontem eu e meu irmão estávamos assistindo monstros s.a, antes de eu conhecer a teoria, que eu achei sensacional, enfim estávamos assistindo monstros s.a, e não lembro exatamente a cena, um dos personagens começa a tirar ou atirar alguns brinquedos, e meu irmão fez o pequeno adendo… preta atenção… todos os brinquedos são personagens da pixar, que na época já existiam e não existiam tbm…

    e ai… hoje, na pira da teoria pixar.. fui pesquisar mais…
    e achei esse link aqui…

    http://www.taringa.net/posts/imagenes/12983404/Curiosidades-de-Toy-story-3.html

    espero que ajude… 🙂

    beijos!

    Reply
  30. flavio2d

    “Olha a foto acima. N esquerda está o trailer de Vida de Inseto e na direita o de Monstros S.A. O da esquerdar parece velho e destruído. Até a vegetação é claramente mais seca e escassa. O trailer da direita tem humanos e está cercado por grama alta e árvores.

    [Algumas pessoas argumentaram que o trailer não deveria ser nada além de poeira no mundo pós-apocalíptico de Vida de Inseto. Não concordo por conta do estado de alguns prédios em Wall-E. Também lembraram da armadilha elétrica para insetos. Sua energia poderia ser solar, assim como o Wall-E. Os insetos provavelmente usavam como uma fonte de luz para indicar a Cidade Inseto para outros insetos. Outra coisa, o trailer de Vida de Inseto não é iluminado como o trailer de Monstros S.A.]

    Daí Monstros S.A. é o filme da Pixar ambientado em um futuro”
    No filme Monstros S.A o lagarto (não lembro o nome), ele vai para o trailer a partir da porta, ou seja, o trailer é mais novo, pois foi antes do “apocalipse”, já que a “porta” levaria o monstro para o “passado”

    Reply
  31. alanna

    a bruxa de valente não desaparece!! ela é uma bruxa e consegue ter dois ambientes em um mesmo espeço onde ela faz dele um local de trabalho e um local onde ela faz suas magias e valente volta para ter uma explicação de um pq a mãe virou um urso e a bruxa simplesmente foi embora. só não entendi uma coisa, a bruxa tinha dividas e precisava paga-las e então valente deu para ela um colar q pagaria todas as dividas mas ela já tinha um anel valioso q mordum o príncipe egoísta deu para ela e em troca teria o feitiço, e obteria a força de 10 homens!!

    Reply
  32. Job

    Será que é por isso que filmes como “Bolt, o super cão”, “Galinho Chicken Little” e “Enrolados” não foram produzidos pela Pixar? Não se encaixam nessa linha do tempo…

    Reply
  33. Vinie

    Nao, sei se alguem ja comentou, mas se vc reparar, o carro que está na mesma foto dos traillers, é o carro do filme do Toy Story em que o Wood e o Buz (Nao sei se é assim que escreve mesmo o nome deles) estão em baixo em uma das cenas!

    Reply
  34. William Santos

    minha pesquisa
    filme carros:
    dirigido por: John Lasseter e produzido pela Pixar Animation
    Filme: Monstros S/A
    Dirigido por Pete Docter e produzido pela Pixar Animation
    O cara, Pete docter (maluco)
    Up (2009) – Diretor
    WALL-E (2008) – História
    Mike’s New Car (2002) – Diretor/História
    Monstros S.A. (2001) – Diretor/História
    Toy Story 2 (1999) – História/Animação
    Toy Story (1995) – História/Animação
    Vida de inseto, A bug’s Life: teve como diretor o próprio John Lasseter e o co-produtor foi Andrew Stanton que olhem só incredulos, Andrew Stanton junto com Pete docte que escreveram
    Wall-e, toy story 2 3 4 e toy story of terror, Vida de inseto Procurano nemo entre outros.
    o que nos mostra que os mesmos caras (os 4, ja chego no 4º) estão envolvidos diretamente nos filmes que constam na teoria…
    Ai me perguntam o que o John Lasseter de carros tem a ver com isso. Bom o cara é só o diretor criativo da Pixar, posição que mantém até hoje desde 1995 quando criou e dirigiu
    Toy story 1 e em parceria com os dois monstros acima criaram o universo que conhecemos hoje.
    E onde estaria a ligação do diretor de Brave (Valente) Mark Andrew, o que posso dizer é que ele alem de ser pareciro de criação de John Lasseter e estudaram no mesmo instituto
    de animação e criação o California Institute of the Arts.

    Reply
  35. MFSJ

    Lembrando de uma coisa, por que o filme Dinossauro não é citado, ninguém nunca se perguntou porquê existem lêmures convivendo com dinossauros, sendo que os mesmos são primatas e surgiram cerca de 8 milhões de anos depois da extinção dos dinossauros?

    Reply
  36. CGarcia

    Pode até não ter sido pensado pra ser tudo tão interligado, mas boas histórias são “flexíveis” a ponto de receber pequenas mudanças ou interpretações diferentes de modo que se tornem melhores e melhores a cada vez que se conta…

    Reply
  37. Tauane

    Se não me engano tinha uma humana em monstros S.A., a velhinha de óculos que inclusive era tipo uma polícia da parada. e todos os funcionários dessa suposta polícia que depilavam(tipo esterelizavam) os monstros pareciam ser humanos uniformizados.
    Ou não?
    ^^

    Reply
  38. AgBfuuuury

    Eu li a teoria e achei interessante o fato da Boo, e achei uma foto q aparece ela e no quarto dela aparece a Jessie de Toy Story, seria Bo a menina q descartou Jessie??

    Reply
  39. Bárbara Monteiro

    Eu assisti vida de inseto um milhão de vezes e tenho certeza que eles fazem menção aos humanos quando eles vão passear e se metem no meio de piquenique dos humanos, onde a formiga principal fica presa no cadarço do tênis de uma criança ..

    Reply
  40. Breno

    As conexões são só easter eggs, nada mais que isso, essa coisa de teoria pixar é loucura de alguem que realmente não tinha o que fazer . . . até parece que os produtores que pensam somente em historias aleatorias que prendam a atenção do publico teria tempo e disposição para além de pensar nas histórias também pensar em uma forma de encaixar com outras de outros filmes totalmente diferentes . . . aparecer o simbolo da BNL em outro filme, ou um desenho do Sully no Brave, não existe o menor fundamento rsrsrsrsrsrsrs existem easter egg em quase todos os filmes de animação ou não, são só brincadeiras feitas pela equipe de produção, nada de extraordinario como menciona a teoria.

    Reply
    1. Lg

      E se, essas “conexões! forem uma grande brincadeira dos produtores. Pense no processo de criação de uma historia (eu mesmo estou escrevendo um livro, e sei que quanto mais vc tenta achar explicações para o que vc quer que exista na historia, mais coisas surgem), por exemplo o filme “cars” eles provavelmente tem na cabeça deles, uma explicação pelo motivo de existirem apenas carros em um mundo humano, com construções humanas; tbm o motivo do fim do mundo em wally; toda historia tem detalhes ocultos que os autores não poem por serem irrelevantes, (além do mais, ninguém que leu notou que ele menciona sim que há humanos em vida de inseto). Pode ser que os filmes não foram feitos para estarem ligados, mas isso pode apenas ser uma grande e extraordinária brincadeira dos criadores, e o que não deixa de ser super interessante e divertido acompanhar isso e descobrir mais ligações ^^

      Reply
    2. Andrea

      Acho que as histórias não foram criadas com o objetivo que retrata a teoria, masss foi bem divertido relembrar de todos os filmes e procurar uma ligação entre eles hehe… até porque dá vontade de ver tudo de novo pra procurar erros na teoria hehe!!

      Reply
  41. Stephane

    Eu li e achei muitoooo interessanteee
    pena eu não ter entendido 100%
    os únicos filmes citados que eu vi foi procurando nemo e vida de inseto! e mesmo assim, vida de inseto eu nem lembro muito!
    dá até vontade de ver os filmes pra poder veer essas semelhanças…

    é muito interessante! Gostei da matéria!

    Reply
  42. Renan

    E os curtas de abertura da pixar, tipo o velho jogando xadrez com ele mesmo, este velho aparece em toy story 2 (se nao me engano) como restaurador de Woody. Também tem a classica abertura da pixar, que é uma luminaria consciente e uma curta que apresente a luminaria, provando ai a teoria das maquinas animadas.
    poderiam pesquisar mais relacoes no universo pixar com as curtas, o que acham?

    Reply
  43. Lieto

    E os curtas de abertura da pixar, tipo o velho jogando xadrez com ele mesmo, este velho aparece em toy story 2 (se nao me engano) como restaurador de Woody. Também tem a classica abertura da pixar, que é uma luminaria consciente e uma curta que apresente a luminaria, provando ai a teoria das maquinas animadas.
    poderiam pesquisar mais relacoes no universo pixar com as curtas, o que acham?

    Reply
    1. Caique Elias

      Se for assim Procurando Nemo e Toy Story foram apenas um filme pro mundo de monstros s.a. Wall-e foi só um filme pro mundo de Os Incríveis e Vida de Inseto foi só um filme pro mundo de Toy Story. Pois aparecem bonecos de Nemo e Toy Story em Monstros s.a. Aparece o Wall-e na garagem do Senhor Incrível d’Os Incríveis e aparece um calendário do filme Vida de Inseto em Toy Story. E se Monstros s.a. fosse só um filme pro mundo de Wall-e, invalidaria a teoria.

      Reply
  44. Rafa

    Teoria interessantíssima!! Deve ter dado mto trabalho juntar todas essas peças! Só estou com uma dúvida: Pela teoria, a Boo desenvolve a viagem no tempo para procurar o Sully, e ela é a bruxa de Valente. No entanto, o que motiva a Boo a encontrar um meio de viajar no tempo é um evento final de toda aquela história de animais, insetos e monstros… Antes do Sully entrar no quarto da Boo e conhece-la, já havia acontecido todo esse universo, sendo assim, como é possível que a Boo tenha dado início a tudo isso?

    Reply
    1. Caique Elias

      Vou só colar o comentário que o Carlos já escreveu acima:
      “Na verdade a teoria não precisa ser revisada!
      Ela está pronta e formada…

      Essa questão de os animais só serem inteligentes pq a Boo voltou ao passado, e este evento inicial é o que desencadeia os fatores que levam ao fim da humanidade, e o surgimento de uma nova raça a qual pertence Sully, o viajante do tempo que retorna para a infância de Boo, que desperta na garotinha paixão por seu grande amigo, e a motiva a viajar pelo tempo para reencontra-lo… Para isso Boo aprende mágica, e dai ela aprende a viajar no tempo também, e para aperfeiçoar seus conhecimentos ela volta a um passado mais distante, e nesse passado distante sua mágica influencia diretamente no comportamento dos animais, que a partir disso desencadeará na evolução dos animais, e dai todos os outros fatores já citados…

      Bem, consideremos o paradoxo do Avô,

      – vc viaja no tempo e mata se avô.
      – seu avô morre, logo seu pai não existirá e nem vc.
      – então não haverá ninguém para viajar no tempo e matar seu avô
      – o que garante que seu avô viverá e seu pai nascerá, e consequentemente vc tbém
      – dai vc poderá viajar no tempo para matar seu avô…

      Lembrando a teoria da relatividade de Einstein, onde tempo e espaço estão pré determinados, tudo está escrito! Passado e futuro já aconteceram!

      Consideremos o tempo então, assim como tudo em nosso universo, teorize algo cíclico, tal qual as órbitas planetárias, os ciclos de vida e morte das estrelas e etc… ou seja, nossa linha de tempo não é infinita, e nem tem um ponto inicial e final, ela apenas gira, tal como um relógio!

      Por mais que vc viaje no tempo e mate seu avô, o velho sempre aparecerá vivo em um ponto na linha do tempo…

      Assim também acontece com nosso amigo Sully e com a Boo… em algum ponto da linha do tempo um deles estará lá, e como a existência de um está intimamente relacionada com a existência do outro… logo os eventos sempre se repetirão.

      enfim… essa seria uma justificativa para tal paradoxo…

      mas conforme citado em uma nota do autor no texto da matéria traduzida: “[Algumas pessoas me lembraram que os animais em Valente gradualmente param de agir como humanos, botando em xeque essa ideia que essa é a origem desse comportamento. Minha resposta é simples. Eles regridem pois a mágica perde o efeito. Com o passar do tempo, a inteligência evolui naturalmente.]”

      Ou seja… a evolução animal em si não está diretamente ligada à ação da magica da Boo, mas sim a um fator natural!

      (pelo menos foi essa a minha interpretação do texto, de acordo com a nota destacada acima)”

      Reply
  45. Kleber

    ok… tenho uma teoria sobre como o trailer resistiu por 800 anos na Terra… assim como o Wally…

    (bem… já existem 111 comentários por aqui, e não li todos, portanto me desculpem se eu estiver repetindo a teoria… rs)

    a solução é muito simples… pois o q oxida (e assim decompõe) o metal é simplesmente o OXIGÊNIO!

    o principal motivo de não haver mais condições de vida no planeta Terra foi a escassez de oxigênio, o q certamente ocorreu por conta de diversos agentes químicos e poluentes q acabaram com ele… e q provavelmente continuaram a agir no planeta por muitos anos mesmo após a saída dos humanos…

    assim, não havia mais oxigênio suficiente no planeta para oxidar o trailer…
    ele ainda deve ter sofrido com erosões e coisas do tipo, e por isso está gasto, mas ainda bem conservado para 800 anos… =)

    Reply
    1. Maria Eduarda

      Mas ai vem a questão, talvez os humanos não tenham voltado para a terra antes em Wall-e porque o excesso de oxigênio também nos mata, por isso que numa parte do filme, quando mostram a gravação para o comandante da nave o homem está usando uma máscara, pode ser pela escassez de oxigênio ou pelo excesso. Há explicações que seja pela escassez por causa de Vida de Inseto, mas se fosse, a planta e a baratinha em Wall-e não sobreviveria pela falta, e como vi citado acima, na época de Wall-e poderia ter outros insetos além da barata.

      Reply
  46. Gabriel Lucas

    Adorei.

    Meus dois centavos na teoria: O curta Jump (que foi exibido originalmente antes de Incríveis) tem como personagem principal um Lebrilôpe, “lenda urbana rural” do hemisfério norte que é um bicho que mistura uma lebre com chifres de antílope.

    Nesse filme o lebrilôpe já é meio antropomorfizado e lembras até um pouco o estilo dos Monstros S.A.

    Reply
  47. Thalita

    Genial tudo isso, inclusive os comentários aqui… Não li em inglês pq deu preguiça, maaaas….

    Tem alguns desses filmes que eu ainda não vi (Toy Story 3 e Carros) e tbm tem alguns que assisti há muito tempo e nem lembro direito de nada (Toy Story 1 e 2).

    Fiquei realmente instigada a ver todos os filmes na sequência “cronológica” que o criador da teoria falou, pra ver no que dá… É um ótimo programa pro fim de semana!!!

    Obrigada por traduzir e ainda colocar até os updates!

    🙂

    Reply
  48. Adrielle

    A questão do “Vida de inseto” logo no inicio, quando as duas formigas mais velhas estão organizando a fila, falam: “Mas nada se compara àquela folha em 73″… De qual século, será então????

    Reply
  49. YARA CRISTINA

    SINCERAMENTE, NÃO GOSTO QDO ELES TRANSFORMAM TODA A NOSSA INFÂNCIA EM FATOS EGOÍSTAS DOS ADULTOS! TIRAM TODA A MAGIA E JOGAM FORA… FIZERAM A MESMA COISA COM OS ”ANJINHOS” E ” A CAVERNA DO DRAGÃO”… FICO PENSANDO QDO UM DESENHO REALMENTE VAI SER SÓ UM DESENHO E NÃO UMA HISTÓRIA MIRABOLANTE E CONSPIRATÓRIA… ADORO TDS OS DESENHOS CITADOS E AGORA NÃO SEI SE VOU CONSEGUIR MAIS ASSISTÍ-LOS… PELO MENOS NÃO COM A MESMA INOCÊNCIA, E SEM FICAR PROCURANDO PISTAS POR TDS ELES…

    Reply
    1. Fany

      Gúria, o desenho vai continuar sendo um desenho para a criança. Só que querer ficar imersa nesse universo, depois de grande, sendo que você pode expandi-lo é, com toda a certeza, amar a ignorância.
      Pode ser só uma teoria conspiratória, mas não deixa – de maneira alguma – de ser interessante e bem bacana.

      Reply
    2. Roberta Vital

      Nunca nenhum filme foi feito sem nenhuma maldade . todos estao baseados em alguma coisa , proposito ou pura midia . quandos os produtores dos filmes querem que a gente acredite em alguma coisa que eles queiram eles conseguem , pq a gente nao pode abrir os olhos pra isso ? todos os filmes citados sao bons , mas tudo e muito claro , ha um ciclo e sempre vai haver , pq e assim que eles conseguem midia .

      Reply
  50. Larissa

    No filme Up-Altas Aventuras, na cena em que o velhinho começa a voar com a sua casa aparece o urso Lotso de Toy Story 3 no canto esquerdo do quarto de uma menininha que esta brincando com outro brinquedo. Seria essa a menina que abandonou Lotso e fez ele se querer se vingar em Toy Story 3? É valido também para a teoria

    Reply
    1. Sylanne

      Não pqe segundo a linha do tempo da teoria, Toy Story 3 aconteceu antes de Up, até pqe aparece aquele tal cartão com o nome da Ellie e do Carl no filme, o que sugeriria que a Ellie ainda estaria viva na época do Toy Story 3.

      Reply
      1. Ma

        Engraçado, duas lembranças me ocorreram: concordo com um comentador que disse q seria interessante procurar a fonte… Sim, pois nada se cria certo? Veja que nao é de hoje animar vassouras (Fantasia, classico dos classicos da D.). A outra lembrança me ocorreu acessando o site do easter egg veiculado acima nesse forum, que mostrava o totoro no toy story.. Achei cômico até.. Afi al qq tem a ver?? Depois associei: o totoro era um monstrao grande e peludo que faz amizade com uma menina… Taí um inspiraçao, taí um ponto de partida.. As vezes entender o que motivou esse japones, e a disney enfim, seja só uma das bocas do formigueiro, que resultou em outras tantas bocas por aí, e que julgamos serem desconexas…

        Reply
      2. Elis

        Só gostaria de lembrar q naqueles “erros de gravação” q a pixar às vezes traz nos créditos finais há um q coloca vida de inseto e toy story 2 no mesmo espaço-tempo.
        Dê uma checada nesses erros de gravação nos créditos de toy story 2 😉

        De resto, achei mto bacana!

        Reply
      3. Vinicius

        Caramba!
        Demorou, mas li toda a página, desde a teoria até os comentários!!
        E é interessante pensar nessa TEORIA e pensar nas possibilidades, por ser TEORIA abre possibilidades para tudo… Só me deu vontade de assistir todos os filmes (como alguém disse aí em cima) com os amigos e conversar sobre, enquanto bebemos uma cervejinha…

        Reply
      4. Gustavo

        Hoje já comecei vendo Ratatouille, porém vou começar a ver os filmes em ordem cronológica dos acontecimentos, achei incrível essa Teoria e agora não consigo parar de pensar sobre isto!

        Reply
      5. Gustavo

        Hoje já comecei vendo Ratatouille, porém vou começar a ver os filmes em ordem cronológica dos acontecimentos, achei incrível essa Teoria e agora não consigo parar de pensar sobre isto!

        Reply
      6. Gustavo

        Vou Começar a ver todos os filmes em ordem cronológica para observar mais algumas coisas e entender melhor!! Achei incrível toda a elaboração da Pixar nessa História, pode ser somente uma Teoria, mais se for verdade, é fantástica!

        Reply
      7. gabriel ayres

        tem mais uma coisa q confirma que os montros s.a vieram dps dos humanos. A casa da oosma karpa, U.M, é a mesma casa que boonie vivia. bonnie era a menininha que ficou com os brinquedos de andy

        Reply
      8. Michelle

        Eu ja havia notado que em toy story o posto onde buzz e wood entram na van do pizza planet, tem o logo da DINOCO, que tbm é a escuderia tão almejada do McQueen.
        Como amoooo, Wall-e, vou dar uma fuxicada em todo o cenario pra ver algumas semelhanças.
        Impresionante que eu nunca tinha parado pra pensar nisso…

        Reply
      9. Aline Dutra

        Sou uma grande fã dos filmes da Pixar e creio sim que esta teoria esteja correta. Outro ponto a se acrescentar é que a Dinoco é uma super empresa em Carros e uma rede de combustíveis em Toy Story. Podemos ver que no quarto do Andy há uma placa de carro pendurada ( provavelmente do Doc ) e também os brinquedos de Toy Story estão no baú na recepção do consultório do dentista em Procurando Nemo e no quarto de uma menina em UP!
        Pesquisar sobre essas coisas é muito interessante!

        Reply
      10. William

        Não sei se já comentaram isso… mais referente a Dinoco, ela aparece no Carros (patrocinadora), em Toy Story (como posto de gasolina) e em Wall-e (em um esqueiro, até com o mesmo logotipo)

        Reply
      11. Elena

        Ótima tradução! Enfim, apesar de ser algo que apenas desconfiamos e não temos certeza, com falhas e boas sacadas, essa teoria já entra pra história por ser uma interessantíssima interpretação dos filmes da Pixar. Inventamos teorias pra tudo, até pro que não existe. Vim aqui “só” comentar que se em Monstros S.A. o planeta Terra é inóspito para humanos (pq foi o que consegui captar do texto), como é que a Boo anda pra lá e pra cá com o Sully e o Mike?
        Sem entrar em muitos detalhes (mas já entrando)sobre ser uma teoria a respeito de filmes que estão aí não apenas pra faturar, mas também para entreter, pensemos apenas que, já que estão nos entretendo, é certo que esses filmes demonstrem as consequências do comportamento humano e tals. Muitos desses filmes jogam na nossa cara nossos problemas e defeitos, por meio de alegorias, fantasias e tudo o que há de bom no entretenimento, apesar de nos cativar a esse mundo ilusório da ficção. Então, é certo também que em anos de criação e desenvolvimento das animações, os caras tenham tido tempo pra pensar em alguns itens que interliguem todas as suas criações, porque isso “vai dar o que falar”, vai nos fazer querer acompanhar pra descobrir novos fatos. É meio contraditório pensar que no fim todas essas mensagens sobre o destino do ser humano podem se resumir a lucros (pra alguém com certeza isso se resume só a lucros). Afinal, somos seres humanos! Entretenimento, faturamento… É a mídia nos manipulando? Panis et circenses? Whatever, já está feito.
        Tudo isso saiu da mente de um ou vários seres humanos. Somos capazes de perceber o que fazemos de errado, e continuamos fazendo, ao mesmo tempo que alguns de nós tentam reverter a situação. Alguns de nós assistem a filmes, alguns de nós fazem esses filmes.
        Prevejo comentários dizendo que viajei aqui, e concordo. O que não quer dizer que não acredito em cada palavra escrita. Se eu tivesse um blog, postaria isso nele, mas não tenho, então comento aqui. Se for bobagem, vai ser só mais uma.
        O nosso futuro está aí, com mais filmes e séries e novelas e músicas que nos farão quebrar a cabeça, partir pros comentários e perder tempo enquanto podíamos, sei lá, estar mudando o mundo. Isso é de cada um, e diz respeito ao que cada um de nós faz quando não está assistindo a filmes e discutindo sobre eles. Sou uma pessoa contraditória. Amo filmes, mas eles não vão mudar o nosso mundo como o vemos hoje. Podem até torná-lo melhor, mas vai ser como o paracetamol que alguém toma pra dor.
        Só quero terminar dizendo que espero que ninguém tome esse comentário como crítica pessoal. Se for uma crítica, é mais à sociedade em geral e à cultura que ela criou para si. Que elas não são perfeitas, como nada feito por nós. Desculpa gente, precisava desabafar XD

        Reply
      12. Bruno

        pude notar que no mapa que Muntz mostra pra Carl em Up, tem a ilustração de 3 pedras formando uma espécie de porta, do mesmo formato que aparece em Brave .. outro fato interessante sobre isso é que nessa montanha foi onde ele perdeu os cachorros , onde levamos em consideração os Fogo-Fátuos.
        como o próprio Muntz disse, aquela montanha era sem saída, e me fez lembrar que em Brave, Merida sempre voltava ao mesmo lugar inexplicávelmente (o círculo de pedras), pode ser que tempos dps da era medieval, o local tenha sido encontrado novamente

        Reply
      13. Ricardo

        [DUVIDA/DICA] Não seria melhor colocar para abrir as imagens no próprio site ? sem ser em outra aba ou abrindo em outro link???
        Pq fica voltando a página toda é osso >-<..

        E seria possível colocar imagens com maior ampliação?

        Reply
      14. Lucas

        É possível que as portas level para outra época? Porque em Monstros S.A, ao entrar em uma das portas, o Sully é transportado para a França e no fundo é possível ver a Torre Eiffel.

        Reply
      15. gabriel

        no monstros s.a. é visto um mapa mundial numa tela na empresa deles , já que isso é alguns milênios depois dos humanos os continentes não deveriam ter se mexido (já que eles estão em movimento constante se afastando)

        Reply
      16. Hill

        Isso tá meio errado! pois tem uma cena em toy story 2, onde o buz passa arrancando algumas plantas e tem uns insetos andando nas folhas, esses insetos são os de vida de inseto!

        Reply
      17. Olívia

        Essa teoria é ridícula! Não tem nada a ver! Não passa de uma lista de coincidências. Fora que os detalhes como o cartão postal de carl e ellie na parede do andy ou a aparição da marca BNL do Walle nas pilhas em toy story são apenas easter eggs! Até nos clássicos da Disney tem isso, e a Pixar sempre fez isso, e eles também sempre colocam dicas dos filmes que estão por vir nos filmes que estão sendo lançados. O Sully na casa da bruxa de Valente, por exemplo, era uma dica de que o próximo filme a ser lançado era Universidade dos Monstros.

        “Vemos até o caminhão da Pizza Planet em uma escultura de madeira da bruxa, e isso só faz sentido se ela já tiver visto um…” Naaaao, pelo amorr, esse carro do pizza planet é o maior de todos os easter eggs, ele TEM que estar presente em todos os filmes, só isso. Não tem que fazer sentido assim, é uma brincadeira!

        Reply
      18. William

        Tem gente aqui falado do Chicken Little, o que todos sabemos que é uma grande bobagem. Mas e o STUART Little? Um rato criado por seres humanos, que sabe dirigir, morava num orfanato, usa roupas, controla bem o esfincter e NAMORA UM PÁSSARO NO SEGUNDO FILME? Quero so ver a teoria Pixar explicar essa

        Reply
      19. Rodrigo

        Não sei se isso ajudaria, mas em wall-e quando o capitão da Axiom observa que Auto tem um comportamento estranho ao descobrir que há condições de se voltar para Terra, descobre que o Auto ( o timão de Axiom) é uma maquina manipuladora que esta a todo tempo tentando fazer com que os humanos não voltem pra seu planeta, um exemplo é quando Auto joga wall-e e a bota da planta no lixo da nave para serem removidos. A verdade é que em wall-e os humanos viajam por não terem mais escolhas de ficar na terra, mas ainda sim não pretendem ficar em uma nave pelo resto da eternidade, por isso mandam protótipos de robôs ( uma delas sendo EVA) para examinar se em algum planeta ainda há condições de ser habitado por humanos, mas Auto revela sua diretriz de “não retornar” e arma um motim contra o capitão, sendo assim podemos ver que Auto queria estar com total controle sobre os humanos?? Mostrando mais uma vez o conflito das máquinas e humanos.

        Reply
      20. carla oliveira

        só pra lembrar, no vida de inseto aparecem sim humanos, se não me engano, ele mata a fêmea da mariposa no meio do filme pisando nela, tirando isso a teoria é muito coesa

        Reply
      21. Stanley00

        uma outra parte que penso que pode ser verdade é a de que os monstros de monstros S.A poderiam ter medo dos humanos virem do tempo pós wall-e ja que a terra ainda poderia ter radiação fazendo assim com que todo o mundo dos monstros se infectasse

        Reply
      22. William

        Tem gente aqui falado do Chicken Little, o que todos sabemos que é uma grande bobagem. Mas e o STUART Little? Um rato criado por seres humanos, que sabe dirigir, morava num orfanato, usa roupas, controla bem o esfincter e NAMORA UM PÁSSARO NO SEGUNDO FILME? Quero so ver a teoria Pixar explicar essa neste blogue

        Reply
      23. matheus

        Outra coisa interessante, é que na cena dos filmes vida de inseto e monstros S/A que é praticamente idêntica, ao lado do trailer podemos ver o carro da pizza planet, que aparece em quase todos os filmes mencionados na teoria.(Exceto em Os incríveis)

        Reply
      24. Renato

        Para quem gosta de especular,

        Há uma “conexão”, que não me aprofundei, mas existe, entre “Lilo e Stitch” – filme 2D produzido pela Disney e Wall-E.

        A placa do caminhão que o Stitch é atropelado e depois joga dentro do vulcão é A-113 o mesmo número da diretriz de recolonização da Terra em Wall-E, que também é A-113.

        Será que o universo é maior ainda?

        Abraços

        Reply
      25. Rebeca

        Oie, adorei a teoria é de arrepiar (literalmente),eu ainda não vi o filme Universidade Monstros que se passa antes de Monstros S.A, mas pelo visto ele explica algumas coisas a respeito da “funcionalidade” das portas ne?

        Reply
      26. Luis

        Adoro a pixar e a pouco tempo venho interligando filmes, claro q n nesse nível, achei o maximo, minha opniao a respeito da dory e q ela não eh menos inteligente, muito pelo ao contrario era a mais inteligente pois ela sabia ler oq estava no óculos do nadador, e falar outras linguas, o baleience, oq penso q acontecia e que pela sua inteligencia ela nao tinha um conviveu social mt bom, apesar de ser muito sociável, ao longo prazo distanciava-se das pessoas, oq fica claro se lembrarmos do novo filme que sera lancado, Procurando a Dory, isso provavelmente ocorre pelo sua inteligencia elevada, apesar de ser inegável q sofre de problemas mentais, como esquecimento, e sobre a roupa de violeta de incriveis diz no artigo que edna pode ter visto randall, pensando nisso conclui que edna pode ter sido a Boo, antes de se tornar a bruxa, pois tem tracos semelhantes como cabelo negros, olhos grandes e ser baixinha, e apesar de nao ter poder ela desenvolvel roupas com poderes, como?? atravez de magia, oque liga ela com a bruxa, e lembrando que a Edna era claramente pertubada oq s associa ao fato de quando pequena ter conhcido monstros, ou seja a boo, a edna e a bruxa sao as mesmas… minha opniao, nao repare nos erros de portugues, hahahahhaha

        Reply
      27. daniel

        No Toy store 1 quando o Woody planeja dar um susto no vizinho malvado, que maltrata brinquedos, ele fala para os outros brinquedos…”vamos ter que desrespeitar as normas…mas é por uma boa causa”. Ele falou isso pq fazia parte do plano mostrar para um humano (no caso o menino) que os brinquedos tinham vida…Nao sei se já comentaram sobre isso aqui…mas quando vai achei interessante…

        Reply
      28. Gilberto

        […] Ah, e a Dinoco de Toy Story é boa conexão sobre a qual podemos especular. […]
        Dinoco não é da Toy Story e do filme Carros O.o cujo o simbolo é um dinossauro (e também está presente no toy story )

        Reply
      29. Gabryell Geoffrey

        Eu acho que o trailer em Vida de Insetos e velho pois esta depois do apocalipse das maquinas(WALL-E), e quanto o trailer de Monstros S.A. , as portas são uma forma de viagem no passado , quando enviaram o monstro para la o apocalipse das maquinas ainda não avia acontecido. E pelo sotaque em que as pessoas conversam no trailer o fato ocorre entre a década de 70 ou 80 em uma cidade do interior dos Estados Unidos,onde percebi que os humanos ainda não estão acostumados com animais ,insetos e monstros inteligentes e falantes, o menino diz a mãe que o monstro e uma lagartixa gigante.

        Reply
        1. Thainara

          To postando como resposta pq não consegui comentar, rs.

          Olhem esse link da Wikipédia com todas as produções da Pixar. Esqueceram de mencionar os curtas que vem como bônus em todos os filmes, e eles muitas vezes tem continuação ou se repetem em filmes diferentes. E tem uns filmes bem mais antigos da Pixar, dos 80 ou 90. Nesse link da Wikipedia já mostra uma relação entre esses filmes antigos e os curtas. E ah, tem um que fala sobre uma “briguinha” de um inseto e de um humano,de uma bicicleta que fica triste por não ser comprada, e outros de objetos inanimados com sentimentos, animais racionais etc. Vcs lembram do ótimo “A banda de um homemsó” ?(amooo esse!! um dos melhores :D), ele vem no bonus de Carros, principalmente ele tem muuuitas ligaçoes com outros filmes e com um de 88. Da uma olhada sobre os curtas e esses antigos, com certesa tem conexão:

          http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Newt [TODOS OS FILMES PIXAR]

          http://pt.m.wikipedia.org/wiki/One_Man_Band [RELAÇÕES A BANDA DE UM HOMEM SÓ]

          Ahhh, no extra de Ratattouile tem um extra de curta sobre um adolescente Alienigina.

          Reply
      30. Marcella

        gente, uma coisa que notei aqui é que o randall foi parar naquele trailer por causa do mike e do sulley, e eles quebraram a porta, ou seja, o randall fica preso no passado (…)

        Reply
      31. Thainara

        To postando como resposta pq não consegui comentar, rs.

        Olhem esse link da Wikipédia com todas as produções da Pixar. Esqueceram de mencionar os curtas que vem como bônus em todos os filmes, e eles muitas vezes tem continuação ou se repetem em filmes diferentes. E tem uns filmes bem mais antigos da Pixar, dos 80 ou 90. Nesse link da Wikipedia já mostra uma relação entre esses filmes antigos e os curtas. E ah, tem um que fala sobre uma “briguinha” de um inseto e de um humano,de uma bicicleta que fica triste por não ser comprada, e outros de objetos inanimados com sentimentos, animais racionais etc. Vcs lembram do ótimo “A banda de um homemsó” ?(amooo esse!! um dos melhores :D), ele vem no bonus de Carros, principalmente ele tem muuuitas ligaçoes com outros filmes e com um de 88. Da uma olhada sobre os curtas e esses antigos, com certesa tem conexão:

        http://pt.m.wikipedia.org/wiki/Newt [TODOS OS FILMES PIXAR]

        http://pt.m.wikipedia.org/wiki/One_Man_Band [RELAÇÕES A BANDA DE UM HOMEM SÓ]

        Ahhh, no extra de Ratattouile tem um extra de curta sobre um adolescente Alienigina.

        Reply
      32. rebecca

        Quando o “gatinho” volta no tempo e encontra a Boo, seu quarto e suas roupas têm um aspecto atual. Anos depois, quando ela cresce e vira uma velhinha(bruxa), ainda é a Idade Média. Como é possível que quando ela era criança o mundo se parecesse mais com agora do que quando se passou muito tempo e ela já estava velhinha(bruxa)?

        Reply
      33. Luisa

        Bom eu acho que quando acaba o filme Monstros S.A e o Sully fecha a porta a Boo se liga que quando ela rir ela consegue abrir as portas e viajar no tempo,sendo assim ela começa a procurar o “gatinho” eu acho isso,se estiver errado pelo menos tentei ‘-‘

        Reply
  51. Giordani Pasqualon (@Pasqualon)

    Eu gostaria de adicionar aqui o comentário que fiz no blog do Jon

    “Oi Jon, sobre a Teoria da Evolução dos Monstros, eu gostaria de lembrar que alguns monstros em Monster Inc. foram exilados no ‘passado’, como os Yetis. Como em Planeta dos Macacos, esses monstros exilados podem ser a origem dos monstros de Monster Inc. filme. Eles poderiam ter evoluídos em segredo e tomaram a Terra quando os seres humanos já não ‘dominavam’ ou não existiam mais no planeta.”

    Reply
  52. Felipe Machado

    Interessante, não li os comentários acima, mas isso é um grande paradóxo, a Boo é a Bruxa, mas se ela não tivesse feito tudo antes de conhecer o Sully, nada existiria, porque ela teria que ter voltado no tempo e mudado tudo uma primeira vez, mas como ?

    Reply
  53. Natali

    Eu fiquei confusa com uma parte! Vida de Inseto é posterior ao Toy Story, já que em vida de inseto não há praticamente vida humana. Como então aparecem os animais de Vida de Inseto nos “erros” do Toy Story 2? Eles não estavam bem mais evoluídos? Como isso seria possível?
    Sensacional a teoria!

    Reply
  54. Vinicios Amaral

    INTERESSANTE!!! Gostei dessa conexão, que por sinal faz muito sentido. Como as criações foram da Pixar, é natural que hajam coincidências, e que as mesmas possam ser utilizadas num futuro… Como exemplo temos o filme Os Vingadores, que traz uma conexão semelhante à essa. Mutio bom, parabéns pelo desempenho!

    Adorei a leitura
    Abraços…

    Reply
  55. Gabriel Debastiani

    Olha, até onde eu li pode até fazer sentido, não me recordo de todos os filmes muito bem em função de fazer muito tempo que os vi, mas chegou em uma parte em que achei extremamente confusa e talvez um pouco contraditória. O que me fez fazer este comentário é uma definição de espécie, na biologia. Até onde eu sei, espécie é quando dois seres iguais se reproduzem e criam descendentes férteis. Então, quando se fala dos monstros possivelmente terem surgido de relações sexuais entre animais e seres humanos (zoofilia), isso seria impossível. Isso, até porque, não é possível entre gêneros diferentes. Há o caso da reprodução da égua com o jumento, que gera a mula. Mas como eu disse, eles são do mesmo gênero, mas espécies diferentes, por isso, a mula é estéril. A regra não seria diferente para os seres humanos com outros animais. A não ser q houvesse uma evolução muito nos seres humanos e animais, capacitando isso. Mas acho que não seria provável. Mas de qualquer forma, se for seguir pela linha de raciocínio que eles evoluíram a ponto de conseguirem se reproduzir, não haveriam mais monstros, porque no monstros S.A não há contato com humanos, principalmente relações entre animais e humanos. Outra coisa, se as portas seriam um “túnel do tempo”, os humanos não seriam tão evoluídos a ponto deles se reproduzirem. Se os humanos se tivessem híbridos com animais, o mundo monstro ainda teria de ter humanos, porque os monstros não conseguiriam se reproduzir entre si… A sua teoria, de um modo geral, pode até estar certa, mas falha nessa parte… Pelo menos é o que eu acho. E ela também tem muitas suposições, embora seja bastante convincente em certas partes.
    Desculpe se lhe ofendi, espero que tenha ajudado em qualquer coisa na teoria ou que tenha lhe ajudado a criar uma teoria alternativa…

    Reply
    1. eloisa

      Ele explica que poderia ser possível por causa da radioatividade que ficou na Terra e afetou os seres sobreviventes e que também fez com que o ciclo de vida dos insetos fosse mais longo.
      Vai saber se não foi a própria radioatividade que criou os monstros?

      Reply
      1. eloisa

        Na verdade, a dona da Jessie abandonou ela por simplesmente ter crescido. E pelo filme, ela não pareceu ter crescido obcecada por encontrar um monstro azul gigante que aparece no armário. Parecia bem normal, na verdade. Considerando que a Boo virou a bruxa em Brave, não deve ter tido uma infância muito comum.

        Reply
  56. Edailtom

    São teorias interessantes, mas sinceramente mesmo? Não vejo nada revelador e mais sinceramente ainda… interligações. Sou escritor de livros e aprendi muita coisa com Sydney Sheldon e posso lhe garantir… quem escreve livros tem a mania de fazer o que a maioria dos escritores fazem: por pessoas de seu convívio na história (uma espécie de homenagem) e de fazer referências aos outros contos que escreveu, algo tipo homenagem também, por isso vemos tantos detalhes de um filme em outro. Não tenha dúvidas que vocês verão citações de personagens ou qualquer outra coisa em outros filmes da Pixar. Outro destaque óbvio a se fazer: qual é o alvo óbvio da Pixar? Crianças. Do que criança gosta? Desenho. O que atinge mais ainda crianças em desenhos de longa metragem? Histórias com brinquedos, animais, robôs, carros (qual criança não coleciona carros em miniatura? gosta de dinossauros?). Isso pra mim está parecendo aquelas teorias tipo Nova Ordem Mundial, onde se inventam de tudo e acabam ficando meio paranoico. São somente simples histórias para crianças e cujas referências serve exatamente para que ela percebam que outro filme famosa da Pixar fora comentado. Revolução disso e daquilo? Acho um pouco demais. Li esse post e sinceramente não vi sentido algum e interligação alguma nas histórias, a não ser, somente citações de outros contos.

    Reply
  57. Nanda

    Bacana de se ver essa investigação coletiva! Lembrando que os idealizadores das animações são seres humanos que possuem lá seus sonhos e interesses e que estudaram muuuuuuuuito, será que não ajudaria de verdade, a desenrolar essa teoria se pesquisasse a fonte de onde eles beberam essa água. Não é de hoje que filmes, animações, etc produzem, mesmo que por subentendido, teorias mais complexas da física, do comportamento humano, temos o belo exemplo de Matrix (filmes) e Cyber Romance (livro). É legal de se ver essa trama, mas acho que não se pode dizer que a teria esteja completa, a Pixar ainda tem muitas ambições e muito o que lançar para seu universo.

    Bem, como contribuição duvidosa… Vê-se um “ruído” quando se trata da linha do tempo entre Vida de inseto e Toy Story. Um dos personagens principais de T S é o Buzz, considerando que no filme 1 ele é um brinquedo que tem uma crise de identidade por causa que descobre que é um brinquedo, fruto da série animada Buzz Lightyear e os patrulheiros do espaço (que por sinal Woody também possui sua série – e as séries parecem bem antigas pelo tipo e qualidade da animação). O Buzz tem seu próprio universo, a série realmente existe, só não sei dizer se é somente da Disney ou tem parceria com a Pixar. Mas nesse universo são seres humanos e humanoides que fazem parte de uma frota estrelar que defende o universo, e que por sinal, é cheio de Pizza Planet (rede de pizzarias).

    Isso me faz pensar que, no universo da Pixar, existe a história real do Buzz (Super humano – ou não – não possui poderes), o ícone transformado em série animada de TV e posteriormente em brinquedo em espaços de tempos diferentes, isso pode colocar Vida de Inseto e T S no mesmo período, e entender a fama do bordão do Buzz, Sei lá, pode ser… vamos esperar

    Reply
  58. Rafael

    Acho que em relação a Boo ser a bruxa de Valente é furado, tendo em vista que a bruxa de Valente vive em um dos tempos mais remotos da “linha cronológica”, porém, quando ela volta ao seu quarto no final de Monstros S.A., entrega a Sully dois bonecos, um que é a Jessie de Toy Story e outro que é o Nemo, estes em outro momento da cronologia, além do quarto aparentar sem bem moderno.

    Reply
  59. Vinícius

    Só não entendi uma coisa.
    A bruxa seria a Boo viajando no tempo, certo?
    Se a Boo só viaja no tempo para achar Sully que só existe em um futuro muito distante, e que para ele existir rolaram muitas evoluções e mutações; Como essa mesma bruxa dá o pontapé de partida em tudo isso, sendo que ela é só um reflexo do que aconteceu muito tempo depois desse pontapé?
    É meio paradoxal, não?

    Reply
  60. Roberta Vital

    A teoria esta magnifica , mas ficaria muito mais impressionante se tivesse um filme exatamente em cima disso . Incrivel a capacidade de compreesao e a criacao da teoria . Ta muito impressionante .

    Reply
    1. Maria Eduarda

      Mas se a Pixar fizesse um filme explicando tudo seria algo “traumatizante” para crianças. Imagina você pequena descobrindo que tudo não passava de uma paranoia de uma criança de 4 anos à procura de seu amigo Sully, não seria muito legal. É como Hora de Aventura, você assiste e pensa que é algo normal, mas quando você olha com outros olhos, você quase fica paranoica à procura da verdade. Eu sei de muitos mistérios de HDA, mas ontem descobri que o Lich (personagem do mal) foi exorcizado, mas seu espírito reencarnou em um caracol, que aparece em todos os episódios acenando para você como se estivesse te vendo. Se o criador de Hora de Aventura revelasse tudo em um “filme” completo, as crianças ficariam traumatizadas, eu que tenho 14 anos ficaria pasma ao saber da verdadeira história. Então acho que a finalidade dessa ligação de tempos nos filmes da Pixar é isso, mostrar um mundo fantasioso e lindo para crianças, mas fazer de nós adolescentes e adultos descobrir mistérios que é colocado propositalmente. Mas de uma coisa podemos ficar certos, a Pixar nunca esclarecerá tudo de forma clara, e sim com junções de histórias lançadas não cronologicamente.

      Reply
  61. Micael

    Só uma coisa (por enquanto, ainda não terminei de ler).
    Se a Bruxa (de Valente) estava criando vida em objetos inanimados (como vassouras, escovas e outras coisas) o que nos leva a deixarmos de pensar em uma 4ª linha de evolução (ou de experiências) com objetos inanimados (passados de bruxa para bruxa, ou mesmo pela mesma, ao atravessar as portas, indo para o futuro). Por que eu não sei você, mas eu com certeza acredito que se bruxas vissem os brinquedos de hoje elas tentariam de todas as formas dar vidas para eles, nós já vimo isso, tipo na vida real, com os bonecos de Voo doo, é isso que elas usavam, brinquedos da época, bonecas de pano (ou espigas de milho) , e mais, quem garante que não foi isso que levou a bruxa a começar esses experimentos? Os ‘Brinquedos do Futuro’, ora, eles já façam mesmo, elas só iriam dar uma “pequena” contribuição.
    E aí, será?

    Reply
  62. Sol

    Prezado,

    A Disney é uma indústria e como tal cria filmes e SÉRIES para FATURAR. Encomendou 3 filmes (séries) sendo o 1º Toy Story – 1995 longas-metragens a Steve Jobs da PIXAR (união de pixels + art (arte) empresa que Jobs criou a partir da compra de uma divisão (setor da Graphics Group), de COMPUTAÇÃO GRÁFICA da empresa Lucasfilm. Aparentemente ainda não apareceu fórmula melhor para faturar do que a criação de séries de filmes e livros. Contratos entre empresas que garantem lucros por 10, 20 anos…

    Reply
  63. Micael

    Entre a conexão de Wall-e e Carros, precisamos lembrar Fillmore (A Combi, veículo tradicional na América do Sul, mesmo local que se passa a história de UP) sempre fala de um “Combustível Alternativo”, será que teria algo a ver?

    Reply
  64. Micael

    Heheh… Eu de novo.
    Ao ler com relação aos monstros, pensando na questão de que eles eram tóxicos, fiquei pensando, será que isso não tem a ver com o fato de anteriormente ainda existirem humanos, porém tóxicos.
    Deixa eu explicar melhor, sabemos que a nave de Wall-e foi feita para “salvar humanos”, porém também sabemos que não foram todos que foram salvos, com certeza muitos tiveram que ficar na Terra. Se levarmos em conta que a Terra estava poluída (e continuando a ser) e que nós (os seres humanos) não conseguimos sobreviver a poluição pois ela é TÓXICA, é óbvio pensamos que os seres-humanos foram morrendo aos poucos, pensando dessa forma conseguimos entender o fato de que em Monstros S.A. os humanos não existem mais, e mais, o fato de ser dito que os seres-humanos não tóxicos (para os monstros) é explicado ao pensarmos que os últimos seres humanos (que estavam na Terra) realmente eram, eles viviam em um local tóxico não tinha como não se contaminar. Isso explica também o fato de que em Carros, as máquinas ainda tinhas energias, mesmo que pouca, os seres-humanos (os que estavam na Terra) ainda existiam, porém sendo em beemm pouco número, e diminuindo cada vez mais.

    O fato da Boo ser a Bruxa realmente conferi com o que eu havia citado antes, somente um grande amor seria capaz de fazer alguém fazer experiências com animais (talvéz ela tenha demorado muito para encontrar o Sully (que realmente aconteceu se levarmos em conta o fato dela ser bem velha) e então começado a fazer experiências em animais e mesmo em objetos inanimados.

    Obrigado.

    Reply
    1. Brenda

      MAN CARACAS EU SOU FANATICA ATE HOJE PELOS FILMES DA PIXAR AMBOS TODOS SÃO PERFEITOS,AGORA QUE EU LI ISSO FAZ TODO O SENTIDO NA MINHA CABEÇA. MAIS AGORA SERA ESTRANHO VER OS FILMES SEM PENSAR NA TEORIA ‘-‘ E TIPO CARAMBAA A BOOH É A BRUXA TO CHOCADA E ME DEU UM POUCO DE MEDO ‘-‘ HAHAHAHA MAIS MTO BOA A TEORIA GOSTEI *-*

      Reply
  65. Marina Nunes

    Uma coisa que tenho a acrescentar é:
    Observem as montanhas no fundo da imagem de Carros. Elas parecem naves espaciais que caíram. Será um cenário pós apocalíptico? rsrsrs
    Ja pensou se a Pixar se empolga com essa teoria e começa a fazer de verdade as histórias interligadas? Seria tão divertido!

    Reply
    1. Gabriel

      olha isso er vdd eu conferi nos filmes
      e em carros o carro do pizza planet cria vida e fika entre eles
      o wall-e aparece em os incriveis na garagem
      aparece a sobra do Dug de up
      em carros 2 aparece um tapete quase igual ao da merida so q com carros
      aparece em toy story um calendario de vida de inseto
      um boneco de madeira do Mike de m s/a aparece em wall-e
      e aquela bola com uma estrela vermelha aparece no quarto da boo e em toy story em up e varios outros suponho q seja como vc disse uma forma da boo encontrar o sully e ela so aparece em quartos de criança onde os monstros entram
      e tem o numero A113 q sempre aparece
      e ao q td indica as marcas q agente conhece vao existir depois da dominação das maquinas cmo a apple por algum motivo especial q eu n sei por exemplo ela aparece em carros
      em up quando a casa passa na janela da menininha da pra ver o lotso do lado cama msm q brevemente

      Reply
      1. Breno

        Mas vida de inseto é bem depois de toy story.
        pode ser só easter eggs sem essa conexão entao, pq neste caso se perdeu a linha do tempo..

        a nao ser q a boo tenha visitado la e deixado esse calendario ali

        Reply
      2. Bátima

        É verdade, tem mto easter eggs nos filmes da Pixar, mas essa teoria me deixou CHOCADO.
        Ah, para voce Gabriel (28 de outubro) “cmo a apple por algum motivo especial…”
        O motivo especial é que Steve Jobs foi um dos fundadores da Pixar.

        Reply
        1. Gustavo Brito

          Na verdade ele comprou a pixar quando ela estáva preste a falir… Jobs acreditou nela e comprou as ideias de seus antigos fundadores e continuou com a mesma equipe… Ainda se pode ver varios Eggs sobre a Apple nos filmes 🙂
          Obs: Por apenas 10 milhões de dólares

          Reply
        1. eddir

          nos creditos de procurando o nemo o mike aparece nadando, em procurando nemo tem a parte que um menino esta esperando o dentista lendo uma revista do senhor incrivel muito loko isso

          Reply
      1. Julia

        E o filme Aviões pode se passar na mesma epoca que de carros. Embora a Pixar não participou diretamente da produção do filme, John Lasseter, criador e diretor de Carros e Carros 2, e executivo chefe de criação de ambas Pixar e DisneyToon Studios, foi o produtor executivo de Aviões.

        Reply
  66. Alexia Catharina

    Repare que o nome do Posto de Gasolina no filme Toy Story, assim como em Carros, é DINOCO e tem o símbolo de um dinossauro; será um preview do The Good Dinosaur?

    Reply
      1. Arthur

        Claro que tem gente!!!! Gasolina vem do Petroleo, petrolio é materia organica de: … Dinosauro! Se seguir essa logica poderia até presumir o final do The Good Dinosaur como ele ou morrendo ou sendo soterrado ou algo assim.
        Faria todo sentido!

        Reply
        1. Matheus Hubinger de Moraes

          Sim. E no Carros 2, o Miles Alxerod (criador do Allinol) fala que “colocar gasolina no tanque é como enchê-lo com dinossauros mortos, pois são combustíveis fósseis”!

          Reply
  67. rodrigo

    na realidade toystore é depois de carros pois em uma parte do filme de toystore aparece um garoto com a camisa com 95 nela o número do relampago macqueen

    http://www.google.com.br/imgres?sa=X&biw=1366&bih=659&tbm=isch&tbnid=xBBDC3PknZxoYM:&imgrefurl=http://www.jovemerrado.com.br/2013/07/curiosidades-nos-filmes-da-pixar.html&docid=heVblmXXb0rV7M&imgurl=http://1.bp.blogspot.com/-cpr-yv8uyg4/ULJKfxRFveI/AAAAAAAAE4g/kixYYeHF3Ms/s640/mcqueenkid.jpg&w=320&h=255&ei=DqsYUoOnMMji2QWk8YHwDQ&zoom=1&ved=1t:3588,r:36,s:0,i:195&iact=rc&page=2&tbnh=189&tbnw=226&start=15&ndsp=23&tx=100&ty=115

    Reply
      1. Ana

        Sem contar que no toy story o menino malvado so usa uma camiseta preta com uma caveira e no toy story 3 na hora q os brinquedos acidentalmente sao colocados num saco de lixo e estao prestes a ir pro caminhao se voce reparar o cara que recolhe o lixo te exatamente a msm camiseta indicando que ele acabou n ganhando nada sendo malvado se tornando lixeiro O.o

        Reply
        1. Rafael

          Não concordo com a teoria. No filme Monstros S.A. é falado que as crianças já não eram tão fáceis de assustar. Pensem: se as portas realmente transportassem para o passado, não seria mais conveniente determinar uma época em que as criança se assustavam mais facilmente? Isso, pra mim, prova que não se trata de uma viagem ao passado, mas de uma viagem a uma dimensão paralela, com ambas as dimensões coexistindo ao mesmo tempo. Isso desmonta a teoria.

          Reply
      2. Deborah

        Acho que ninguem ainda percebeu,mas no filme Monstros S.A.,quando o Sulley entra no quarto da boo,aparece uma bola da pixar (aquela amarela e com uma estrela) e quando ela mostra algns brinquedos ao Slley,ela acaba dando uma boneca da Jessie (toy story) e um peixinho nemo e eu nem precisei pesquisar na internet pra saber disso. Eu descobri isso vendo o filme.

        Reply
      1. Fernando

        Cara mas e se aconteceu o seguinte: os carros do filme Carros 2 são na maioria de corrida, mas e se eles eram antes apenas carros de corrida velho e enferrujados,mais alguma maquina besta por ai pois petróleo em um deles o fazendo funcionar, mais com a “magia” da Brooxa (kkk que apelido legal que eu inventei pra ela” eles criam vidas e assim por diante como tipo, maquina põe petróleo no carro, carro acordae descobre que ta sozinho em um mundo pós apocaliptico, põe gasolina em outra maqui fazendo ela tambem acordar e fazer a mesma coisa, até ser criada uma nova raça de maquinas, e ccom a inteligência delas elas podem criar uma nova sociedade, feita completamente por carro! E falando da camiseta, os carros de corrida tbm podem ter feito muito sucesso naquela época, fazendo com que se criem brinquedos, camisetas, e produtos inspirados neles com a camisa de Relâmpago McQueen de ToyStory

        Reply
      1. ElikWWE

        O interessante tbm é q a Boo, no filme Monstros S.A, está num quarto e rodeado de brinquedos! E podemos perceber tbm q no Toy Story 3, há um orfanato chamado SunnySide! Será q a Boo viveu em SunnySide durante toda a história? Tipo, de um certo modo, a Boo é a chave pra que o Mundo Pixar rode, pq segundo a teoria, é ela que descobre como viajar pelo tempo para encontrar o Sully!

        Cara, se duvidar, ela visitou todo tipo de porta pra conseguir encontrar o Sully, daí o porquê de tantos Easter-Egss aparecerem nos filmes, é ela que leva tudo aquilo para cada história! Ou seja, o Lotso no filme Up, o carro nos filmes da Pixar, etc…!

        Reply
      2. Emanuel Albuquerque

        Faz sentindo pois o buzz lightyear é uma referencia clara ao Buzz Aldrin (astronauta)… sendo assim da mesma maneira que o dr. hudson tinha uma nome fantasia nas corridas hudson hornet, Mcqueen pode ter “homenageado” algum corredor famoso da época de Toy story…

        Reply
      1. Deborah

        Tambem é possivel ver que em um dos carstoon, o Mate vai para um lugar em aprende a voar. É onde o Dusty (Aviões) mora.

        Obs: eu observei essa cena vendo proprio desenho.

        Reply
  68. Vicente

    Lembrando que quem viu Vida de Inseto antes tinha um curta metragem do Jogo de Geri, que eh um velhinho jogando xadrez sozinho. O mesmo Geri aparece em Toy Story 2 pra consertar o braço do Woody e dar uma limpeza nele.

    Reply
  69. Juliano

    Cara, cheguei a assistir Valente “Brave” por causa deste post. Valeu mesmo, e fico pensando: Quanta criatividade para bolar esta linha do tempo!!! Sabe quando você fica com aquela cara de “Como eu nunca tinha percebido isso???”

    Reply
  70. Leila

    na vdd o nome do dino é Rex. a Dinoco aparece no Carros e se notar em Toy Story tbm. Será que a Boo não é a irmã do Andy e a costurei dos Incriveis(ou alguma coisa ligada a eles) ???

    Reply
    1. Lena

      Creio que não, nos filmes podemos ver a irmã do Andy com os cabelos louros, Boo tem os cabelos pretos já quando é criança, a não ser que a irmã do Andy tenha nascido de cabelos escuros, pintado ele aos 5 anos (por ai…) e depois quando velha pintado novamente de preto (o que é bem improvável) eu duvido que seja a irmã do Andy

      Reply
      1. Yan

        Não é mesmo, pois a própria Boo aparece no Toy Story 3 na Sunnyside brincando com um (Gatinho) na frente da criança que está brincando com o Lotso
        http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://images3.wikia.nocookie.net/__cb20130608084102/monstersincmovies/images/4/4e/Boo_cameo.jpg&imgrefurl=http://monstersincmovies.wikia.com/wiki/Boo&h=720&w=1280&sz=413&tbnid=hgfbvaByaiKW6M:&tbnh=68&tbnw=120&zoom=1&usg=__La9S5HJZJk44qrtpoa9-61O8k9E=&docid=f91ot_y7LCfG9M&sa=X&ei=0dYkUpWENIu68wSc0YGYAw&sqi=2&ved=0CDAQ9QEwAA&dur=1

        Reply
        1. Gustavo

          Ela eixouaJessie para a história seguir,ja a Boo crescida em sunnyside ate q parece um pouco, mas peço a pixar que ela n seja a costureira que fez a roupa da mulher elastica pq ela ta tao fofa e lina bebe e criança pra ficar feia adulta, feia velha ate q da pra aguentar como bruxa mas costureira dos incriveis n

          Reply
      2. leticia pmc

        No filme monstros s.a a boo tem uma boneca jessie… provavelmente ela eh a antiga dona da boneca jessie (a que eh citada em toy store 2) que abandonou ela.
        e o tal urso lotso que dizem estar com uma menina em up, essa menina pode ser a mesma que o abandona!
        o q vcs acham?
        e essas coisas q complicam toda a historia o.O???

        Reply
  71. Symon

    Cara otimo artigo, mas voce esqueceu de citar o filme: O Galinho Chicken Little que no final do filme mostra a guerra que teve entre as Maquinas (que eram “alienigenas”) e os Animais

    Reply
  72. Bia

    Faz todo o sentido o fato de haver brinquedos que lembram os outro filmes em outros, já que a Boo na realidade se chama Emily e a dona que abandonou Jesse em toy story se chamava Emily. 🙂

    Reply
      1. vinicius

        Não pode ser o andy, por dois fatores:
        1. Sua mãe se chama SRa. Davis, e não Helena, mãe de zezé
        2. O zezé tem super-poderes, já Andy não, a não ser que andy não queira mostrar, mas o primeio fator já diz q não, então, sem chances.

        Reply
  73. Roberto

    Pera… Boo é aquela Criancinha de Monstros S.A e ao mesmo tempo aquela bruxa de valente ?. eu criei uma teoria: depois de alguns anos… quando boo já esta mais velha, não nesscesariamente idosa… ela se lembra de Sully e tenta ir para o futuro onde monstros dominam… só que houve algum acidente catastrófico nesse mundo e quando ela abre o armario as portas levam ela pro tal lugar que estaria abandonado e ela ficaria presa lá… quando ela descobrisse como criar uma porta dessas ela cria uma que a leva para a era medieval e pensando que sully estaria por ai nessas epocas… ela deixa os estereggs para ele saber que ela esta lá … ou algo assim fui complementando enquanto eescrevia ‘–‘

    Reply
  74. Mariana

    Resumindo a Boo:
    Ela é a o nome real dela é Emily ela é uma velhinha,alem disso tambem é a Emily que abandonou a Jessie em toya store( Por causa do nome e tambem porque em Monstros S.A no quarto dela aparece a jessie)

    Reply
      1. Michelle

        Na verdade a boneca da Boo a Jessie não precisa ser necessariamente a mesma boneca do Andy, pois nada diz que ela era uma boneca unica (Assim podendo ter mais replicas), mostrando somente que a Boo viveu no mesmo tempo em que se passa o filme do Toy Story! 🙂

        Reply
        1. Gustavo

          Mariana, ancho que a conclusão que você fez está errada, pois apresenta vários furos na história. Veja a seguir:
          1. Emily, mesmo não vendo claramente seu rosto, podemos perceber que ela tinha cabelos castanhos claros quando era adolescente. Como pode ser visto aqui: http://img4.wikia.nocookie.net/__cb20140326232844/blue-sky-studios/pt-br/images/5/5c/Boo_e_emily.png. Ao contrário de Boo, que tem um cabelo escuro (se ela for mesmo a Emily pode ser que ela tenha tingido para a cor de Emily, ou seu cabelo clareou).
          2. Emily nasceu em provavelmente meados de 1970 para 1980 (podendo ser visto no quarto dela vários poster de bandas antigas, veja a imagem http://info.abril.com.br/images/materias/2014/03/thumbs/120322-toy-story.png, de fato, essas fotos não são modernas). Enquanto Boo deve ter nascido provavelmente em 2000 há 2005, nessa época, Andy já teria ganhado Jesse e como ele ganharia ela se Boo não teria idade suficiente para doar Jesse?
          3. O quarto de Emily é totalmente diferente com o de Boo (se ambas forem a mesma pessoa, Boo podia ter se mudado e ido recentemente para um quarto amarelo, que seria a de Emily) veja as imagens: http://info.abril.com.br/images/materias/2014/03/thumbs/110333-toy-story.png e http://joviland.files.wordpress.com/2013/01/041.jpg?w=560&h=315
          Sendo assim, Boo não seria Emily. Seu nome na verdade é Mary Gibbs. Mas apesar disso, não poderia discordar de sua teoria pois é muito adequada. Até a próxima.

          Reply
  75. Daniele

    Muito bom…..a impressão que dá é que quanto mais humanos nos tornamos menos estamos evoluindo mesmo pq a própria tecnologia que contribuimos em criar nos domina e os animais nos entendem muito melhor do que nós mesmo nos entendemos. É uma fusão que vale a pena aprofundar….Deus, o Amor vem como representação de Força….de busca constante pela Boo (humana). Os brinquedos com menos recursos tecnológicos eram os mais inteligentes e evoluidos, assim como outras milhões de concepções que dá para se tirar nesse sentido. A impressão que me dá é que quanto menos Tecnologia mais leve o Planeta Terra fica, porém mais recursos temos de cura e comunicação e quem sabe até “deslocamento”. Estamos evoluindo errando tudo de novo…porém um pouco menos”.

    Reply
  76. Thais

    AMEI essa teoria! Vou até rever os filmes da Pixar e prestar mais atenção neles, e assistir na ordem que foram citados na teoria. Um monte de gente ficou com medo, mas eu achei tão mágico e tão bem pensado que talvez os filmes estivessem todos ligados entre si que não fiquei com um pingo de medo. Fiquei mesmo fascinada!

    Será que os curtas da Pixar também podem se encaixar nessa teoria?

    Reply
  77. Deivid

    Nada a ver tudo isso ai, tentaram conectar os filmes mas é tudo bobagem. No vida de inseto eles tinham que juntar comida pra aquele gafanhoto e não pra recomeçar o mundo. E é claro que os animais tem que falar, que graça teria se eles não falassem? e por que a Pixar faria isso?

    Reply
  78. bega

    Rapaz, acho que posso considerar algumas coisas que talvez não contribuam muito pra teoria e talz.

    Não li todos os comentários e nem a parte do artigo que fala sobre Valente pq não assisti e não quero tomar spoiler, mas, pelo que eu entendi e, a partir de onde comecei a ler mesmo, essa teoria tenta:
    1. Justificar a inteligência do animais (Valente, UP, Ratatouille)
    2. Explicar o desenvolvimento das máquinas (Incríveis, Carros, Wall-E…)
    3. Explicar o Apocalipse (Wall-E)
    4. Mostrar o ressurgimento da Terra (Vida de Inseto)
    5. Justificar as novas criaturas terrestres (Monstros)

    Brad Bird tinha o sonho de trabalhar na Disney, como a maioria dos garotos da sua idade. Aos 12 anos ele fez sua primeira animação e mandou pra lá. Os caras adoraram. Um pouco mais velho ele realizou esse sonho e chegou na casa do Mickey.

    1. Pq os animais falam em alguns filmes da Pixar?

    A tradição Disney é de animais falantes, nem preciso citar quais. Nós crescemos incorporando essa ideia de que ratos são super-espertos (Mickey e Remy) cachorros são bobões e super-amigos (Pateta, Pluto e o Cachorro do Muntz), brinquedos são levados e independentes (Pinnochio e Woody) objetos são temperamentais (a vassoura de Fantais, a torneira de Donald ou o Furacão e seus Furacõezinhos em Mickey e Carros), ou seja, animais e coisas podem ter vida e isso pode ser uma coisas divertida. Isso tornou-se tradição aqui no ocidente e influenciou vários e vários animadores dos EUA inclusive o próprio Brad Bird.

    2. Pq as máquinas tem tanta vida e autonomia?

    Brad Bird e os primeiros funcionários da Pixar trabalharam em um lugar chamado LucasFilm, do grande George Lucas, criador do Grande Star Wars e em Star Wars as máquinas são…? Tudo. Existem andróides falantes, andróides não-falantes, dróides, autômatos, máquinas comuns, Naves, Ciborgues… Tudo. Eles trabalhavam justamente na área que desenvolvia a tecnologia computacional necessária para fazer muita coisa de Star Wars possível.
    Outra coisa, Bird é de uma geração em que os computadores estavam surgindo como as máquinas mais surpreendentes até então, cálculos inteiros podiam ser realizados em segundos por essas maravilhas (claro que o começo não foi assim, os computadores já foram bem lentos). Então, é perfeitamente compreensível o seu fascínio por máquinas e pelo que elas poderiam fazer no futuro, tanto de bom como de ruim. Pensem em quantos filmes com máquinas fantásticas apareceram na década de 80 quando a Pixar estava surgindo…

    3. Pq alguns objetos, cenários e referências se repetem ou são vistas?

    A pixar adota esse sistema de repetição, ou citação, desde sua primeira grande animação Toy Story. Por exemplo, aquela caminhonete amarela aparece em vários filmes, assim como o trailer.
    Duas coisas justificam isso:
    a. Economia de tempo, que gera economia de dinheiro;
    b. Os filmes são pensados em blocos, poucos filmes são pensados individualmente, pensando assim é fácil criar referências de uma obra em outra, mesmo sem querer. Experimente criar três histórias ao mesmo tempo, mesmo com três personagens super diferentes, uma hora ou outra as histórias se fundem, ou se referenciam, mesmo que você não queira criar alguma coisa maior com isso;
    c. O processo de criação é mútuo, são várias pessoas falando e dando ideias e sempre vai haver alguém, citando um filme ou outro, que vai caber exatamente na nova história, funcionando até mesmo como uma pegadinha, ou a ponta de uma grande teoria.

    Bom, adorei a Teoria do post, é interessante perceber como podemos fazer essas referências em filmes que já são fantásticos por si só. porém, uma teoria é uma teoria, não é uma verdade, amanhã pode surgir outra que detone a de hoje, ou um fato que consolide-a ainda mais. Acho legal isso, dá espaço pr`agt discutir filmes que adoramos.

    Reply
    1. Breno

      Assista valente para ler essa parte!

      É a parte que fecha a teoria, que dá sentido.
      Você não leu a principal parte, o núcleo da questão. pq é o inicio e o fim do “tempo pixar” que temos.

      Sem ler essa parte, fica dificil compreender mesmo

      Reply
    2. Giadda

      Só lembrando que a Pixar e a Disney são diferentes (e só parênteses pra falar que praticamente todos os filmes feitos pela Disney sem pareceria com a Pixar são uma droga) mas de fato, animais falando veio inclusive antes da Disney, todo mundo aqui deve ter ouvido falar das ~~Fábulas~~ de Esopo.

      Reply
  79. Yasmin

    Bem, o fato da Boo conhecer o carro do Pizza Planet não tem muito sentido não vejo detalhes que falem mesmo que é o carro do Pizza Planet , mas de uma certa forma eu pode ver uma coisa a Boo pode não conhecer o carro do Pizza Planet mas como a ela esta na Idade Media ela certamente não era para saber o que é um carro e muito menos fazer um de madeira!

    Reply
    1. Wellington

      Valente, Os Incríveis, Toy Story (1, 2 e 3), Ratatouille, Up, Procurando Nemo, Carros (1 e 2), Wall-E, Vida de Inseto, Universidade Monstros e Monstros S/A.

      (Ñ tenho certeza do p*rra nenhuma)

      Em Monstros S/A, Sully (Gatinho) volta no tempo para ver a Boo.
      Boo, obcecada, vai atrás de Sully e passa por vários lugares até chegar no ambiente de Valente.
      Os Incríveis e Toy Story contam um pouco sobre as máquinas e os objetos.
      Ratatouille e Up.. de volta com os animais originados pelos animais de Valente.
      Em Procurando Nemo se inicia a “briga foda” e os humanos vão para o espaço (trocadilho de última hora), deixando os carros para traz.
      Em Wall-E, as máquinas (na Terra) estão praticamente extintas, e os humanos voltam para a Terra e trazem o “verde” novamente.
      Os insetos, pássaros (e sei lá mais o que) se desenvolvem muito mais rápido que os humanos, chegando em Vida de Inseto.
      Universidade Monstros mostra a juventude dos “animais evoluídos”.

      Reply
  80. Giovani souza

    Ta mais eu nao entendi muito bem! A pixar faria isso de proposito só pros fãs verem e falarem “que legal olha aquele personagem ou coisa de tal filme ” ou teria um motivo realmente forte pra tudo isso?
    Eu nao li a materia toda , mas salvei a página para ler com atenção total depois. E então o que vcs acham?

    Reply
  81. Giovani souza

    mas eu nao entendi a pixar faria isso só pros fãs assistirem e falarem”nossa que legal olha aquele peresonagem ou coisa ou marca de tal filme” ou teria algo realmente importante por tras disso tudo?
    O que acham?

    Reply
  82. Ariane Flor

    Bom, eu parei de ler na parte dos ” Monstros são animais evoluidos ”
    Eu, tenho uma média teoria, tenho 11 anos, e estudando Geografia ou História acho que Geografia, eu vi animais modificados pela ” Engenharia Genética “.
    Acho, que isso que acontece com os animais virando ” Monstros” Acho beem pratica essa teoria Pixar. Irei pesquisar mais. Irei falar com minha professoras. Acho super interessante. 🙂

    Reply
    1. matheus

      kra é em ciencias e sim ele explica no texto como a maioria das coisas que sobreviveram em wall-e como a barata são radioativos oq causa a mutação genetica por isso que em vida de inseto tem uma formiga que fala que voltou pra fazer os ”90” então sua teoria foi explicada a cima mas ocmo você não sabia pensou muito bem, ps: tenho 11 anos tbm

      Reply
  83. Dante

    Eu achei fantástico isso, ñ deu medo não, se vcs analisarem bem, a Marvel fez isso nos filmes do Hulk, Capitão America, Homem de Ferro e no do Thor, antes de lançarem Os Vingadores, ou seja, criaram uma “conexão” pro filme Os Vingadores fazer sentido, mas a questão q eu fiquei mais curioso nessa teoria toda, é aonde vai acabar? qual será o filme q vai dar um ponto final nisso tudo? e qual será o filme q vai revelar definitivamente essa teoria?
    e_e

    Reply
  84. Duda

    Eu amei essa Teoria, porém achei muito difícil de entender.
    Vou ver os filmes com mais atenção.
    E vou passar pros meus amigos verem essa Teoria e ver o que eles acham.
    Só não entendi a parte do Valente, pois ainda não vi o Filme.

    Reply
  85. Luiza

    Na verdade tem um erro, em vida de inseto aparece sim humanos, se eu não me engano é quando Flik e a princesa Atta saem do formigueiro e no caminho acham um pique-nique, e lá tinha uma casa por perto

    Reply
    1. Luana

      Posso star errada mas a princesa Atta nunca chegou a sair do formigueiro e em nenhum momento o Flik encontra humanos(a não ser em alguma cena extra pós creditos que nunca vi). Vc confundiu com o filme Formigaz q eh do concorrente da Pixar e “rival” do Vida de Inseto.

      Reply
  86. Renan Ferro

    Tem um probleminha… Em toy story 2, quando o Buzz sai para salvar o Woody e aparece ‘cortando folhas’, a lagarta e o Flik de Vida de inseto estão conversando em uma das folhas, sendo derrubados pelo buzz

    Ou seja, é um furo

    Reply
    1. Karen

      Eu estava parando pra pensar quase agora, e se virmos uma das frases mencionadas (mais ou menos assim, em vida de inseto) “parece até que tenho 90 de novo” ou algo do tipo. Isto quer dizer que os personagens podem existir a muito tempo, então isto pode mudar ou não alguma coisa nesta linha!

      Reply